Com 'puxadinho' provisório, estádio de Ecaterimburgo é reinaugurado

Na contagem regressiva para a Copa do Mundo, a Rússia inaugurou mais um estádio para o principal evento de futebol do planeta. Na verdade, reinaugurou. Foi no último domingo, quando o Ural, dono da casa, empatou em 1 a 1 com o Rubin Kazan, em jogo da 24ª rodada do Campeonato Russo. O Estádio Central de Ecaterimburgo estava fechado desde 2014.

Com a obra entregue, agora faltam seis dos 12 estádios ficarem prontos a tempo do Mundial. A expectativa é que todas sejam entregues ainda neste mês de abril: Kaliningrado, Rostov, Nizhny Novgorod, Saransk, Volgogrado e Samara. Haverá ainda mais dois eventos-teste no local até a Copa. No Mundial, a casa do Ural receberá quatro jogos da primeira fase.

O curioso é que o estádio tem uma espécie de "puxadinho". Isso porque a capacidade original do estádio gira em torno dos 25 mil, mas foi necessária a construção desta área anexa para que se chegue aos 35, número exigido pela Fifa em jogo de Mundial. Após o evento, até pela baixa procura dos torcedores, as arquibancadas serão removidas e a fachada original preservada. Este modelo se assemelha à Arena Corinthians. Apesar do modelo diferente, a vista do jogo do local

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos