'Há a ideia de se fazer um acordo', diz Autuori sobre 'Caso Scarpa'

Diretor de futebol do Fluminense, Paulo Autuori falou sobre o 'Caso Scarpa'. Segundo o dirigente tricolor, há a intenção, por parte do clube das Laranjeiras, de se fazer um acordo entre as partes, mas algo que interesse a todos os envolvidos ainda não foi encontrado.

O meia Gustavo Scarpa deixou o Fluminense por meio de uma liminar na Justiça, que o liberou do vínculo com o Tricolor, e acertou com o Palmeiras. No meio do mês passado, porém, o clube carioca conseguiu derrubar tal decisão, e o contrato de Scarpa com o Flu foi reativado. Ele, inclusive, nem aparece mais no site do Palmeiras como integrante do elenco.

- Há, por parte das duas instituições, o interesse de se fazer um acordo para que possam sair, minimamente, felizes. As conversas sempre existiram, mas tem de ter interesse de todos - disse Autuori, que afirmou que o jogador não busca uma reaproximação com o Flu:

- Gestão do clube, hoje, tem uma visão sistêmica. Não dá para pensar em caminhar sem a interação com o jurídico, o financeiro... Está na mão da Justiça (a utilização). Enquanto não houver um acordo entre jogador, representantes, Palmeiras e Fluminense, não podemos falar nada. Não há como criar qualquer perspectiva sobre o que vai acontecer. Uma coisa é estar vinculado ao Fluminense e a outra é o posicionamento do jogador. Ele é claro. Acha que vai ganhar. Direito deles de achar. Em função disso, não quer aproximação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos