Provável titular contra o Alianza, Moisés diz que é difícil esquecer final

Moisés deverá ser titular no jogo contra o Alianza Lima (PER), às 21h30 desta terça-feira, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O camisa 10 deve compor dupla de volantes com Felipe Melo, substituindo o desgastado Bruno Henrique - é possível que Roger faça outras mudanças além dessa.

- Estou preparado, estou aguardando esse momento desde que voltei a treinar. Caso aconteça, espero representar da melhor forma - disse o jogador, que só começou jogando uma vez em 2018, contra o Ituano, quando Roger utilizou equipe mista.

Além de Bruno Henrique, que foi titular nas últimas nove partidas e vem sentindo o desgaste frequentemente, o lateral-esquerdo Victor Luis deverá ser preservado. Ele está com uma sobrecarga no tendão do adutor da perna esquerda e tem Diogo Barbosa como possível substituto. Marcos Rocha, que foi desfalque recentemente devido a um desgaste muscular, também pode ceder seu lugar a Mayke ou Tchê Tchê. Edu Dracena e Keno são outras possíveis novidades, caso Roger queira poupar um dos zagueiros ou um dos atacantes.

- Acredito que talvez tenham algumas mudanças. Hoje à tarde (segunda) o Roger vai direcionar melhor essa situação. Mas o desgaste é grande, então talvez ele tire um ou outro. Vai depender das avaliações que a fisiologia vai fazer agora. O Palmeiras tem um grupo muito qualificado. Caso precise tirar um ou outro, aqueles que entrarem estarão aptos - disse Moisés.

Apesar da ansiedade pela partida contra os peruanos, ele admite que é difícil deixar de pensar na decisão do Paulistão. O Palmeiras ganhou do Corinthians por 1 a 0 em Itaquera, no último sábado, com Moisés jogando todo o segundo tempo, e fará o jogo de volta às 16h de domingo, no Allianz Parque.

-Sinceramente, não tem como esquecer. É uma final. Se eu falar que esqueci o jogo totalmente para pensar na Libertadores eu estaria mentindo. Mas nós somos profissionais e temos capacidade para diferenciar os momentos. A gente sabe que o jogo contra o Alianza Lima é tão importante quanto. Deixamos bem claro no início do ano que não iríamos priorizar competições. Claro que a gente deixa um pouco de lado o pensamento na final e foca no Alianza Lima. Não vai atrapalhar em nada - declarou o Profeta, que está pronto para exercer uma função mais defensiva do que em anos anteriores.

- Nós tivemos uma conversa no começo do ano, o Roger me perguntou em quais funções eu gostaria de jogar. Disse que minha principal função é volante, primeiro ou segundo. Hoje, não está jogando o Felipe preso e o Bruno com liberdade. Eles jogam lado a lado, os dois com liberdade. Os dois exercem a mesma função, só que têm características diferentes. Estou totalmente preparado para jogar ali, seja com quem for.

UOL Cursos Online

Todos os cursos