Kashiwa Reysol confia em brasileiro para ficar vivo na Champions da Ásia

Artilheiro brasileiro da J-League no último ano com 12 gols, o atacante Cristiano terá, ao lado de seus companheiros de Kashiwa Reysol, um grande desafio nesta quarta-feira. A equipe precisará vencer o sul-coreano Jeonbuk para se manter viva na Liga dos Campeões da Ásia, principal competição do continente. Cristiano falou sobre a importância da partida para o seu clube e citou as diferenças entre os dois times.

- Nossa equipe é bastante técnica enquanto a deles tem na parte física seu ponto forte. Somos naturalmente um time ofensivo e neste confronto, em especial, essa característica terá que ser posta em prática. É o jogo do ano para nós - disse o paranaense.

A partida será a segunda entre as duas equipes pela fase de grupos da competição continental. Cristiano tem bem vivas na memória as lembranças do jogo na Coreia do Sul e deseja que o desfecho seja bem diferente.

- Na partida na Coreia abrimos 2 a o e eles conseguiram a virada no segundo tempo. Merecíamos uma melhor sorte. Creio num jogo bem difícil para nós, até por ser praticamente uma decisão, mas além de precisarmos, temos totais condições de vencermos amanhã - afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos