Público de Bota x Vasco só perde para o 'Caixão' em finais do RJ desde 2000

Da televisão ou in loco, foi nítido que o público do primeiro jogo da final do Campeonato Carioca foi baixo. Num ano de média de público decepcionante em toda competição - mesmo em jogos das equipes grandes -, o início da decisão do torneio teve presença que não só impressionou como ficou perto de bater recorde negativo.

Desde o ano 2000, somente uma partida de final estadual teve público mais baixo que os 19.117 presentes no Estádio Nilton Santos, no último domingo. Foi no primeiro duelo entre Fluminense e Americano, em 2002: estiveram no Maracanã 10.909 pessoas naquele 23 de junho.

A comparação entre a temporada atual é grave visto o desprestígio da edição do Carioca daquele 2002. Apelidado de "Caixão" em alusão ao então presidente da Ferj, Eduardo "Caixa D'água" Viana, a competição sofreu com problemas.

A competição dividiu holofotes com a Copa do Mundo daquele ano, foi desprezada pela maioria dos clubes grandes, boicotada por parte da mídia, engolida no calendário pelo Torneio Rio-São Paulo e criticada pela desorganização. Por tudo isso, sofreu com pouco público.

E somente àquela edição o público do Nilton Santos ficou acima no período de recorte. Feriado prolongado de Páscoa, poucos dias entre a semifinal e a final, o regulamento confuso e a falta de segurança da cidade podem ajudar a explicar os menos de 20 mil presentes no último domingo.

Seja como for, repensar o que deu de errado é urgente. Até para a exceção não virar regra.

Confira os públicos do período:

2018: Botafogo 2 x 3 Vasco

1º jogo: 19.117 presentes / 16.337 pagantes.

2017: Fla x Flu

?2º jogo: 68.165 presentes / 58.399 pagantes.

1º jogo: 40.898 presentes / 34.926 pagantes.

2016: Vasco x Botafogo

2º jogo: 60.000 presentes / 53.634 pagantes.

1º jogo: 43.822 presentes / 37.207 pagantes.

2015: Vasco x Botafogo

2º jogo: 66.156 presentes / 58.446 pagantes.

1º jogo: 45.488 presentes / 39.379 pagantes.

2014: Flamengo x Vasco

2º jogo: 49.139 presentes / 42.697 pagantes.

1º jogo: 26.242 presentes / 20.844 pagantes.

2013: Sem final geral. O Botafogo venceu os dois turnos.

2012: Fluminense x Botafogo

?2º jogo: 25.016 presentes / 20.544 pagantes.

1º jogo: 28.182 presentes / 23 mil pagantes.

2011: Sem final geral. O Flamengo venceu os dois turnos.

2010: Sem final geral. O Botafogo venceu os dois turnos.

2009: Flamengo x Botafogo

?2º jogo: 84.027 presentes / 78.393 pagantes.

1º jogo: 63.061 presentes / 58.711 pagantes.

2008: Flamengo x Botafogo

2º jogo: 78.716 pagantes.

1º jogo: 78.395 pagantes / 83.359 presentes.

2007: Flamengo x Botafogo

2º jogo: 84.027 presentes.

1º jogo: 46.422 pagantes.

2006: Botafogo x Madureira

2º jogo: 44.550 pagantes.

1º jogo: 31.176 pagantes.

2005: Fluminense x Volta redonda

2º jogo: 63.762 pagantes.

1º jogo: 43.293 presentes / 37.955 pagantes.

2004: Flamengo x Vasco

2º jogo: 80.342 presentes.

1º jogo: 57.762 pagantes.

2003: Sem final geral. O Vasco venceu os dois turnos.

2002: Fluminense x Americano

2º jogo: 26.663 presentes / 23.042 pagantes.

1º jogo: 10.909 presentes / 9.630 pagantes.

2001: Flamengo x Vasco

2º jogo: 60.038 pagantes.

1º jogo: 49.731 pagantes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos