Irritado com demora na recuperação, Jadson pode ser arma do Corinthians

Chateado por ter perdido os mata-matas do Paulistão, além do jogo contra o Deportivo Lara (VEN), pela Libertadores, o meia Jadson pode ser arma do Corinthians para reverter a vantagem do Palmeiras na final do Campeonato Paulista, domingo, no Allianz Parque. Ele foi desfalque nos últimos sete jogos e ficou incomodado com a situação, já que o diagnóstico inicial era de apenas uma íngua na virilha direita, mas depois exames detectaram uma contratura muscular na coxa.

Recuperado, Jadson treinou normalmente na reapresentação do elenco na terça-feira e é opção para a vaga de Clayson, que cumprirá suspensão. Ele voltou a ficar à disposição no Dérbi do último sábado, mas não saiu do banco de reservas. Agora, pode voltar na decisão para ajudar na criação das jogadas do Corinthians.

- A gente ganha com a armação, para ajudar o Rodriguinho, que não fica tão sobrecarregado. A gente sabe da qualidade do Jadson com a bola nos pés - analisou o lateral-direito Fagner, em entrevista coletiva na terça.

Jadson é vice-artilheiro do Corinthians em 2018, com três gols, mesmo tendo sido desfalque nos últimos sete jogos. A última vez que ele entrou em campo foi diante do Mirassol, ainda em 7 de março, pela primeira fase do Paulistão.

Caso Jadson atue no domingo, o Corinthians terá pela décima vez a dupla "Jadriguinho" em campo em partidas oficiais nesta temporada. Dos nove jogos oficiais até agora, foram cinco vitórias, um empate e três derrotas (59% de aproveitamento). Eles estão no topo da artilharia do Timão em 2018: Rodriguinho tem cinco gols, dois a mais que o companheiro.

Apesar de já estar recuperado da lesão, Jadson ainda faz trabalhos extras para ficar 100% até domingo. A vontade é grande para voltar a atuar e ajudar o Corinthians na decisão do campeonato.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos