Reinaldo completa quatro partidas seguidas levando cartão no São Paulo

  • Luciano Claudino/Código19/Estadão Conteúdo

    Reinaldo em ação pelo São Paulo durante jogo contra o São Bento

    Reinaldo em ação pelo São Paulo durante jogo contra o São Bento

Nos últimos quatro jogos do São Paulo, todos decisivos em fases eliminatórias, o time alternou resultados, mas houve uma semelhança: Reinaldo levou cartão amarelo. Todas as vezes em que entrou em campo sob o comando do técnico Diego Aguirre, o lateral-esquerdo acabou advertido.

Essa sequência do camisa 14 começou na vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano, pelas quartas de final do Paulista (Reinaldo desfalcou o time na ida por estar machucado). Depois, o jogador de 28 anos recebeu amarelo nos dois clássicos contra o Corinthians, pelas semifinais do Estadual, e voltou a ver o cartão mostrado para si na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, nessa quarta-feira, na Arena da Baixada, pela Copa do Brasil.

Três desses cartões ocorreram por faltas cometidas. Na vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, na ida da semifinal, Reinaldo segurou um adversário aos 42 minutos do primeiro tempo, "por motivo tático", segundo descreveu o árbitro na súmula. No Majestoso da volta, logo aos 35 minutos da etapa inicial, foi o primeiro a levar amarelo. Já nessa quarta-feira, em Curitiba, deu entrada dura em Nikão, do Atlético-PR, aos 14 minutos do segundo tempo.

Nessa sequência de advertências, a única que Reinaldo recebeu por questões disciplinares foi a primeira, no triunfo por 2 a 0 sobre o São Caetano, no Morumbi. A arbitragem registrou na súmula que exibiu o amarelo por troca de empurrões com a bola fora de jogo por parte do lateral-esquerdo e de Diego Rosa, também alvo de cartão, aos 21 minutos do segundo tempo, dois minutos depois do gol de Tréllez, que abriu o placar para o Tricolor.

Mas não é justo relacionar somente a contratação de Diego Aguirre aos cartões mostrados a Reinaldo. O lateral-esquerdo tem sido frequentemente advertido na temporada. Atuou em 13 partidas e recebeu sete amarelos - no Paulista, também levou na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo-SP, em seu primeiro jogo como titular absoluto na posição no ano, e nas derrotas por 2 a 1 para o Ituano e por 1 a 0 diante do Santos.

Aos 28 anos, apesar dos cartões, Reinaldo tem vivido em 2018 seu melhor momento com a camisa do São Paulo. Depois de sair em 2015 sob intensas críticas da torcida, passando 2016 e 2017 emprestado a Ponte Preta e Chapecoense, respectivamente, o lateral-esquerdo ouviu cantos da arquibancada pedindo seu nome, superou a concorrência com Edimar e Júnior Tavares e vem recebendo elogios por seu amadurecimento técnico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos