Após 18 dias de fraturas, João Paulo compartilha início de fisioterapia

  • Thiago Ribeiro/AGIF

Às vésperas da finalíssima do Campeonato Carioca, contra o Vasco, no Maracanã, o torcedor do Botafogo ganhou um motivo para vibrar e aliviar a ansiedade: João Paulo iniciou o processo de fisioterapia após 18 dias das fraturas na tíbia e fíbula.

"Após 18 dias de cirurgia, na clínica @institutofisioazevedo. Com a ajuda dos meus grandes fisioterapeutas e amigos", escreveu João Paulo, na rede social.

Aos 27 anos, João sofreu as fraturas em uma partida justamente contra o Vasco, no dia 19 de março, pela 6ª rodada da Taça Rio. Na postagem do meio-campista, as referências foram aos fisioterapeutas do clube, Fabio Azevedo, Leandro Oliveira, Flávio Meirelles e Guilherme Bianch.

Capitão da equipe até o contratempo, João Paulo sofreu uma dura pancada em entrada de Rildo, que acabou suspenso pelo STJD até o atleta do Botafogo voltar aos treinos ou até o prazo máximo de 180 dias.

De acordo com Ricardo Bastos, um dos médicos do Glorioso que operou João, processo, tido por ele como "raro" e "geralmente visto em acidentes de carro e moto", necessitará de paciência na recuperação. Um retorno de João Paulo aos campos ainda este ano, contudo, não está descartado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos