PSG tem tempos distintos, só empata e adia título do Campeonato Francês

Com um primeiro tempo irreconhecível e um segundo equilibrado, o PSG ficou no 1 a 1 com o o Saint-Étienne, fora de casa, nesta sexta-feira, pela 32ª rodada da Ligue 1, em jogo que contou com 16 títulos do Francês em campo. Cabella e Debuchy, contra, para o PSG, fizeram os gols da partida.

Com o tropeço, o Paris Saint Germain chega a 15 jogos sem derrota na competição, mas vê a possibilidade de ser campeão ser adiada para o próximo fim de semana, quando recebe o Monaco, justamente o vice-líder da competição. No momento, a equipe da capital francesa tem 84 pontos, contra 67 do time do Principado, que joga neste sábado, em casa, contra o Nantes.

Mesmo se perder, o Monaco ficará a 17 pontos do PSG, a seis rodadas ou a18 pontos possíveis restantes nas seis rodadas para o término da competição. O Olympique de Marselha fecha o G3, com 62. Já o Lyon belisca a vaga da Liga Europa, com 60 pontos. O Saint-Étienne é apenas o oitavo, com 43.

Saint-Étienne não matou o jogo na hora certa

O Saint-Étienne foi muito superior no primeiro tempo e contava ainda com a atuação ruim dos visitantes. Logo aos 16, Cabella já abria o placar após a defesa do PSG bater cabeça tentando afastar o cruzamento e a bola sobrar para o camisa 10. O Alviverde seguia imponente, mas perdendo muitos gols. Aos 30, o mesmo Cabella bateu mal um pênalti, no centro, e Aréola pegou.

Kimpembe é expulso, e Thiago Silva entra

O susto que o PSG tomou não mudou o cenário do jogo. Pelo contrário. Aos 40, o zagueiro Kimpembe foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo. Unai Emery tinha armado um esquema com três zagueiros e o manteve com a entrada de Thiago Silva no intervalo. Os outros dois defensores eram Marquinhos e Meunier.

PSG equilibra o jogo, mas não empata

?

Assim como Thiago, Cavani foi outro que começou no banco por opção do comandante. O uruguaio entrou aos 22 e melhorou a equipe ofensivamente, mas o PSG já tinha equilibrado a partida no início da reta final, mesmo com a desvantagem numérica. Faltava só a referência na área...O Saint-Étienne respondeu com Bamba, que isolou um chute dentro da pequena área.

Erro lá, erro cá

O equilíbrio seguiu, e Cavani perdeu um gol ainda mais incrível que Bamba, após uma verdadeira aula de contra-ataque do time da capital. Agora, ele não marca há cinco jogos. Nos acréscimos, o uruguaio se redimiu, recuperando uma bola morta e exigindo O Étienne ainda colocou uma bola no travessão, em chute de Tannane.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos