Barbieri celebra atuação e não cria expectativa para ser efetivado no Fla

Mauricio Barbieri quer trabalhar quieto e sem dar um passo maior do que a perna. Cotado para ser efetivado como treinador do Flamengo - em caso de uma resposta negativa de Renato Gaúcho - o interino afirmou que não trabalha com essa possibilidade no momento. Ele falou pela primeira vez desde que está no cargo, após a vitória por 3 a 1, sobre o Atlético-GO, em amistoso realizado em Goiânia.

- Não estou trabalhando com essa expectativa. O importante é fazer a equipe evoluir. Não me preocupo. Sou funcionário do clube e estou feliz. Nosso objetivo aqui é melhorar a equipe. Usar o que já vinha fazendo de bom, melhorar para entrar cada vez mais forte no início da Libertadores - disse.

Questionado sobre a boa atuação do Flamengo, em especial no segundo tempo quando não deu chances ao rival, Barbieri e gostou do que viu.

- Acho que a gente demonstrou garra e vontade. Fomos ansiosos em alguns momentos, precipitamos. Tentamos ajustar posicionamento e melhoramos no segundo tempo. Conseguimos pressionar em cima, roubar bolas, ser compactos, usar os espaços de campo. Fico satisfeito - afirmou.

O treinador ainda destacou a nova safra de técnicos no futebol brasileiro. Algo que inclui ele, jovem de apenas 36 anos.

- Acho que é uma experiência positiva. Trabalhar no Flamengo é um desafio diário. Sempre aprendendo. Fico feliz que esteja surgindo uma nova safra. Experiência e juventude é uma troca saudável - opinou.

Se Renato não aceitar a oferta do Flamengo, o próximo compromisso como treinador rubro-negro de Maurício Barbieri será o confronto com o Vitória, dia 14, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos