Bayern toma susto, mas goleia e é hexa na Alemanha

  • CHRISTOF STACHE/AFP

Saiu o primeiro campeão das grandes ligas da Europa! Na manhã deste sábado, o gigante Bayern de Munique, com sustos, venceu o Augsburg, fora de casa, por 4 a 1 e selou o seu sexto título consecutivo da Bundesliga, algo inédito na história do clube e na Alemanha.

Maior campeão local, os bávaros têm agora 28 taças, contra 9 do Nuremberg, o segundo. Süle, contra, abriu o placar para o time mandante, mas James Rodríguez e Tolisso viraram a favor do gigante. Robben e Sandro Wagner ainda deixaram o deles.

O título poderia vir mesmo em caso de derrota, desde que houvesse uma combinação possível. A vitória, porém, garantiria o hexa do Bayern de qualquer forma. E assim foi feito. Com o triunfo, a equipe de Munique chegou aos 72 pontos e abriu 20 do Schalke 04, que ainda joga, a cinco rodadas do fim.

MICHAEL DALDER/REUTERS
Jogadores comemoram título do Campeonato Alemão

Ribery: alegria em dose dupla

O título foi carimbado no dia do aniversário de 35 anos do francês Franck Ribery, um dos maiores garçons da história da Bundesliga, com quase 90 assistências neste século. Atualmente reserva, ele foi presenteado com uma substituição aos 41.

O banco também contou com nomes como Lewandowski, Hummels e Muller, mais um que entrou no fim, poupados para o jogo da próxima quarta-feira, contra o Sevilla, pela volta das quartas da Liga dos Campeões, na Alemanha. Na ida, vitória bávara por 2 a 1.

Com o título garantido, o Bayern também focará agora na Copa da Alemanha. Daqui a dez dias, o Munique encara o Bayer de Leverkusen, fora de casa, em jogo único, válido pela semifinal da competição.

Sustos no início

Logo aos quatro, Caiuby chutou cruzado e levou perigo aos Bayern. Quem foi ainda mais perigoso foi Max, que chutou na trave, com 15 jogados. Dois minutos depois, o gol dos mandantes. Córdova chutou, Ulreich defendeu, mas a bola voltou, bateu no rosto de Süle e entrou.

Foi o suficiente para o Bayern acordar na partida. Aos 31, Kimmich cruzou e Tolisso, sem pular, marcou de cabeça. Pouco depois, já vinha a virada, com James Rodríguez aproveitando a sobra da tabela entre Robben e Kimmich.

Robben amplia e quase faz outro, mas Sandro Wagner garante goleada

O Bayern seguiu superior e poderia ter ampliado o placar ainda no primeiro tempo, mas Tolisso e Sandro Wagner desperdiçaram. O terceiro viria no segundo tempo, com Robben, aproveitando desvio da zaga após cobrança de falta.

O holandês quase fez o segundo dele, em cobrança de falta. Ja-Cheol Koo e Gregoritsch tiveram boas chances de descontar para o Augsburg, mas o dia era mesmo do Bayern de Munique, que ainda chegaria ao quarto, aos 42, em cabeçada de Sandro Wagner.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos