Palmeiras encerra preparação para a final diante de 37 mil torcedores

O Palmeiras encerrou a sua preparação para a final do Campeonato Paulista diante de 37 mil torcedores no Allianz Parque neste sábado. O número não conta crianças de colo, que não precisaram trocar 1 kg de alimento pelo ingresso.

Roger Machado comandou um último ensaio de bolas paradas e indicou que Moisés será o substituto de Felipe Melo, suspenso pela expulsão na partida de ida. Os 11 escolhidos são Jailson, Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Bruno Henrique, Moisés e Lucas Lima; Dudu, Willian e Borja.

Os jogadores ainda disputaram um rachão, que foi acompanhado atentamente pela torcida. A vibração a cada gol foi grande.

Toda a delegação palmeirense se juntou no centro do gramado após o treino para aplaudir a festa da arquibancada, incluindo o técnico Roger Machado, o diretor de futebol Alexandre Mattos, o gerente Cícero Souza e o assessor técnico Zé Roberto.

As bandeiras de mastro, proibidas em dias de jogos, embelezaram a festa. Outra diferença em relação às partidas foi a ausência do bloqueio nos arredores da arena. Não era preciso apresentar o ingresso para acessar a Rua Palestra Itália.

Todos os atletas tiveram o nome entoado pela torcida, incluindo Jean, que se recupera de lesão e não estava no treino. Felipe Melo, mesmo fora da final, foi um dos mais ovacionados.

Um torcedor ergueu por alguns segundos uma faixa com os dizeres "campeão paulista de 2018", mas foi repreendido pelos demais e logo guardou o objeto.

O Palmeiras venceu o jogo de ida da decisão por 1 a 0, em Itaquera, e será campeão com empate ou uma nova vitória. Se o Corinthians vencer por um gol de diferença, haverá pênaltis. Se a vantagem for de dois ou mais gols, o título será alvinegro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos