Sob dilúvio, Goiás bate a Aparecidense e leva o título Goiano

O Goiás é campeão goiano pela 28ª vez! Na tarde deste domingo, após um jogo marcado pelo dilúvio que caiu no Serra Dourada, o Esmeraldino venceu a Aparecidense por 3 a 1 e garantiu o título estadual. Breno, Tiago Luis e Júnior Viçosa marcaram para o Goiás, e Alex Henrique diminuiu para a Aparecidense.

O Goiás entrou em campo com alta intensidade e surpreendeu até o mais otimista dos torcedores esmeraldinos, abrindo o placar com apenas um minuto de jogo. Apostando na velocidade, o atacante Carlos Eduardo avançou pela ponta esquerda e cruzou na área, na medida para Breno cabecear no canto esquerdo, sem chances de defesa para Busatto.

A emoção da final do estadual, no entanto, não durou muito. Com a forte chuva que caía na capital goiana, o gramado do Serra Dourada era castigado, e novas poças de água se formavam a cada minuto. Assim, o juiz Eduardo Tomaz paralisou a partida aos 15 minutos de jogo para esperar melhores condições.

Após 45 minutos de paralisação, onde funcionários do estádio usaram rodos para remover o excesso de água do gramado, a partida finalmente foi retomada. Apesar da longa pausa, o clima do jogo seguiu quente, com a Aparecidense indo pra cima em busca do empate e o Goiás deixando o adversário com a posse da bola, em busca de um contra-ataque para matar o jogo.

Na volta do segundo tempo, a Aparecidense perdeu o atacante Uederson, que recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Assim, o Esmeraldino conseguiu aproveitar melhor os espaços e passou a atacar com mais frequência. Junior Viçosa chegou a marcar aos 23 da etapa final, mas o juiz viu impedimento na jogada.

A torcida do Goiás respirou mais aliviada aos 32 minutos, quando Tiago Luís marcou o segundo. Após receber cruzamento de Viçosa, o meia esticou as pernas e conseguiu desviar a bola pro fundo do gol. A situação piorou para a Aparecidense quando Busatto, na sequência do gol, foi expulso por reclamação.

A Aparecidense chegou a assustar, diminuindo o placar já aos 41 minutos, com Alex Henrique convertendo cobrança de pênalti. No entanto, Júnior Viçosa coroou sua grande atuação fazendo o gol do título, aos 49 minutos, pegando rebote após chute de Caíque Sá.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos