Matheus Fernandes, sobre titularidade e atuação: 'Não podia ser melhor'

Antes de a bola rolar no Maracanã, neste domingo, pela decisão do Campeonato Carioca, o torcedor do Botafogo tinha uma dúvida em mente: quem substituiria Rodrigo Lindoso, suspenso, para o jogo diante do Vasco, em que o empate serviria ao Cruz-Maltino? A resposta, contudo, foi a mais óbvia.

Aos 19 anos, coube a Matheus Fernandes a missão de iniciar a partida como camisa 5, na vaga do mais recente capitão. E o garoto foi muito bem, um dos melhores em campo. Após o título nos pênaltis, o meio-campista falou sobre o que sentiu para a final do Estadual.

- Na sexta-feira, o Valentim me escolheu para ser titular. Passou muita confiança, e não podia ser da melhor forma, substituindo o nosso capitão. E eu tinha que ser o melhor da partida, como estão falando. Estou muito feliz por entrar e conseguir o meu melhor, mesmo após quase dois meses jogar.

Matheus Fernandes estava sem entrar em campo desde a partida contra o Flamengo, no dia 10 de fevereiro, pela semifinal da Taça Rio, por conta de uma lesão no dedão do pé direito.

Com Alberto Valentim, jogou pela primeira vez. Já sob o comando do demitido Felipe Conceição, Matheus vinha sendo titular, enquanto Rodrigo Lindoso não tinha espaço entre os titulares.

- Vamos ver se agora eu vou titular. Quero ser, lógico - finalizou o jovem, emendando em uma gargalhada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos