Fifa detalha uso do VAR na Copa com 33 câmeras em cada estádio

Pela primeira vez na história, a Fifa vai utilizar o árbitro de vídeo em uma Copa do Mundo. Serão 33 câmeras instaladas em cada um dos 12 estádios que receberão as partidas da competição. O Centro Internacional de Transmissão, por sua vez, ficará baseado em Moscou.

Todo o material será acessado somente pelos auxiliares escalados para analisar as imagens. Oito câmeras gravarão em "super lenta", seis em "extra lenta", enquanto outras duas serão exclusivas para lances de impedimento.

A Fifa fez questão de relembrar que o recurso do vídeo será utilizado apenas em erros na marcação ou não de gols, em decisões sobre pênaltis, problemas na identificação de jogadores e expulsões. O VAR será usado como apoio, com a decisão final do lance sendo exclusivamente do árbitro.

Serão três integrantes na equipe de auxílio, todos do primeiro escalão do quadro da Fifa. Haverá, ainda, quatro operadores de replay, mostrando os melhores ângulos das 33 câmeras.

- Os assistentes de vídeo examinarão as imagens gravadas e informarão ao árbitro sobre o que estão vendo na tela, mediante sistema de áudio. Ele tomará a decisão ou agirá adequadamente, após ver as imagens na lateral do campo, ou se baseando na informação que for comunicada pelos membros do VAR - destacou a Fifa em comunicado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos