Buffon ataca árbitro após pênalti no fim: 'Isso não é coisa de homem'

O cartão vermelho parece insuficiente para acalmar os ânimos do goleiro Buffon. Após a partida, o arqueiro da Juventus voltou a reclamar da arbitragem, que deu um pênalti, duvidoso, a favor do Real Madrid, no último minuto, de forma bem agressiva. Cristiano Ronaldo marcou e os Merengues diminuíram para 3 a 1, placar que fez a partida não ir mais para a prorrogação:

- Eu estava muito perto do árbitro e do atacante do Real Madrid. Se ele teve o cinismo de conceder uma penalidade como essa aos 93 minutos, ele não é um homem... O árbitro foi ultrapassado e ainda me deu um cartão vermelho. O juiz queria ser o protagonista de um empate (no agregado) bem jogado.

- Um bom árbitro não tira o sonho de uma equipe nos acréscimos por causa de um lance duvidoso. Se ele não tem a coragem para apitar, que fique em casa ou na arquibancada com a família comendo batatas e não faça uma coisa dessas. Ele não tem um coração no peito e sim uma lata de lixo - finalizou Buffon, muito irritado.

Com a vaga nas semifinais, o Real Madrid agora espera o sorteio da próxima sexta-feira para conhecer o adversário da próxima fase: Liverpool, Bayern de Munique ou Roma. Os jogos serão nos dias 24 e 25/4.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos