Campeão em Israel, volante formado no Botafogo não pensa em voltar

O volante Romário teve mais um fim de semana vitorioso em sua melhor temporada desde que chegou a Israel. Sua equipe, o Maccabi Petah Tikva, derrotou o Kiryat Shmona por 2 a 0 no último sábado pelo playout da competição e passou para a sétima posição do torneio. O jogador, que já marcou três gols na liga, comentou sobre o momento especial que está vivendo.

- Vem sendo uma temporada muito positiva, individualmente falando. Já marquei três gols, venho executando a minha principal função, o desarme, com competência, e tenho feito boas partidas. Minha equipe não tem mais chances de título, infelizmente, e isso incomoda, mas o sentimento de missão cumprida, ao menos pessoalmente, eu venho tendo - afirmou.

Com 29 anos, Romário tem os títulos das Copas da Romênia e de Israel na bagagem. Filho do Seu Rosalvo, cujo ano do nascimento é a razão do uniforme ter estampado o número 52 às costas, e que homenageou o baixinho do tetra na hora de batizar o filho, o carioca não pensa em retornar ao país de origem tão cedo.

- Por motivos profissionais conheci outros países, novas culturas, e devido a qualidade de vida que tenho aqui não desejo voltar agora. Conquistei o respeito na minha profissão, sou feliz e essa não é uma hipótese que passa pela minha cabeça - disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos