Curiosidades das Copas: Da Hungria ao 7 a 1, as 'lavadas' em mundiais

No último Mundial, a Seleção Brasileira sofreu a maior humilhação de sua história. Os 7 a 1 para a Alemanha no Mineirão, nas semifinais, ainda reverberam. O resultado entrou para o rol de maiores "lavadas" das Copas. Uma lista em que o Brasil também figura positivamente com um 7 a 1 e justamente na vez anterior em que abrigou a competição: contra a Suécia, no quadrangular final, no Maracanã.

Os alemães, por sua vez, registraram uma goleada ainda maior que a daquele famigerado dia 8 de julho de 2014. Na Copa de 2002, os europeus enfiaram 8 a 0 na Arábia Saudita, com três gols de Klose, atacante que, no 7 a 1, bateria Ronaldo e se tornaria o maior artilheiro da história da disputa. Mas para a Alemanha, a relação não é só de flores. Em 54, na primeira fase, a equipe foi atropelada pela Hungria: 8 a 3. Só que a situação se suaviza porque na mesma competição, deu o troco, venceu a temida equipe de Puskas, por 3 a 2 na final e conquistou a sua primeira taça do mundo. Os húngaros estavam invictos desde 50 e eram tidos e havidos como o melhor time no período.

E a teia dos placares 'gordos' se fecha justamente com a Hungria. Os magiares foram os autores da maior goleada em Copas até hoje: 10 a 1 em El Salvador, na Copa da Espanha, em 82. Em partida da primeira fase, sete dos gols húngaros saíram no segundo tempo, e o tento de honra dos salvadorenhos é o único até hoje marcado pelo país na competição.

CURIOSIDADES DE GOLEADAS

- A Copa de 54 registrou a maior média de gols da história do torneio - incríveis 5,38 por partida. Não à toa, quatro das maiores goleadas aconteceram nela.

- Em Brasil 7 x 1 Suécia, Ademir de Menezes, o Queixada, fez quatro gols. Então no Vasco, ele foi o artilheiro do Mundial de 50 com nove gols.

- O Uruguai fez apenas um jogo na primeira fase do Mundial de 50 - os 8 a 0 sobre a Bolívia. Por conta de desistências, aquela edição teve 13 seleções. A título de comparação, o Brasil fez três jogos na fase de grupos.

- Primeiro país caribenho a disputar um Mundial, Cuba só disputou uma edição, e 38, quando levou 8 a 0 da Suécia.

- O Haiti só participou do Mundial de 74, edição em que sofreu os 7 a 0 da Polônia.

- O antigo Zaire, atualmente República Democrática do Congo, levou a segunda pior goleada da história das Copas em 74, no seu único Mundial, para a Iugoslávia. Os africanos eram do grupo do Brasil.

COM CRISTIANO RONALDO

QUANDO KLOSE VIROU REI

15 MAIORES GOLEADAS DAS COPAS

1 - Hungria 10 x 1 El Salvador (1982)

2 - Iugoslávia 9 x 0 Zaire (1974)

3 - Hungria 9 x 0 Coreia do Sul (1954)

?4 - Alemanha 8 x 0 Arábia Saudita (2002)

5 - Uruguai 8 x 0 Bolívia (1950)

6 - Suécia 8 x 0 Cuba (1938)

7 - Hungria 8 x 3 Alemanha (1954)

8 - Portugal 7 x 0 Coreia do Norte (2010)

?9 - Polônia 7 x 0 Haiti (1974)

?10 - Turquia 7 x 0 Coreia do Sul (1974)

?11 - Uruguai 7 x 0 Escócia (1954)

?12 - Brasil 7 x 1 Suécia (1950)

?13 - Itália 7 x 1 Estados Unidos (1934)

?14 - Alemanha 7 x 1 Brasil (2014)

?15 - Alemanha 7 x 2 Turquia (1958)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos