Brasileirão 2018: Cruzeiro entra na briga de olho na Tríplice Coroa

  • Pedro Vale/AGIF

Após conquistar o 37º título do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro segue em preparação para as demais disputas da temporada. Além da recuperação na Libertadores, o time celeste tem a missão de entrar no Campeonato Brasileiro com desfalques importantes no ataque, caso de Fred, que se recupera de cirurgia no joelho para a correção de uma ruptura do ligamento cruzado anterior, e ainda deve ficar fora de campo entre seis e oito meses.

Apesar da campanha vitoriosa no Estadual, contabilizando apenas uma derrota, o time celeste tem encontrado dificuldade para se sobressair na Libertadores. Mesmo mandando suas principais peças, a equipe ocupa a lanterna do grupo 5 da competição, com derrota por 4 a 2 para o Racing, na estreia, e um suado empate sem gols com o Vasco. Mano vem readaptando o time em busca de mudanças, mas, assim como nos últimos jogos, a tendência é que o esquema 4-5-1 seja mantido inicialmente.

No comando da Raposa desde 2016, Mano Menezes tem a confiança da torcida. Em seus dois anos na Toca, o treinador conquistou a Copa do Brasil de 2017 e o Campeonato Mineiro. Entretanto, podem pintar dúvidas quanto a escalação da zaga para o Brasileirão. Dedé, Léo e Murilo brigam por duas vagas na equipe titular, mas o camisa 26 pode levar a melhor pela crescente evolução após período de recorrentes lesões.

Na estreia, o Cruzeiro não conta com o zagueiro Murilo, em tratamento de um deslocamento no ombro esquerdo, o volante Lucas Romero, com dores na coxa esquerda, e o atacante Raniel, com um edema na coxa direita. Apenas o defensor deve segui em observação médica. Para o decorrer da competição, fica a expectativa da estreia do atacante David. Destaque do Vitória em 2017, o jogador ainda não estreou, mas agrada a comissão técnica. Ele se junta aos veteranos Sobis, Raniel, Sassá e Rafael Marques.

Aproveitamento: 77,78% (13V, 3E e 2D)
Campeonato Mineiro: Campeão (37º título estadual)
Libertadores: 1 ponto (lanterna do Grupo 5)
Copa do Brasil: Entra nas oitavas de final

Opinião

Em conversa com o Lance!, a repórter-narradora Isabelly Morais, da Rádio Inconfidência, acredita que o entrosamento do time é o maior contador de pontos para bons resultados e que os erros cometidos no decorrer da temporada são frutos de desatenções momentâneas.

"A maturidade da equipe é um ponto positivo. O Cruzeiro marca muito bem, fecha os espaços e consegue pressionar a saída de bola adversária na maior parte do jogo. Mesmo contra Racing e Atlético, nas derrotas por 4 a 2 e 3 a 1, as atuações do time não foram para ser derrotado assim. O Cruzeiro perdeu para os argentinos e para o Galo por lances pontuais de desatenção, mas, ainda assim, neste começo de temporada, foi um time muito maduro e consciente em campo".

Na visão da especialista, o time ainda sente a perda de Fred, que faz com que o ataque precise de mais atenção, porém, a equipe está se encaminhando e pode ter surpresas com a atuação do atacante David, que deve estrear nas primeiras rodadas do Brasileiro.

"As peças do Cruzeiro para todos os setores me agradam. A equipe está pronta para o Brasileiro, apesar de ter perdido o atacante Fred, a grande esperança de gol. Com isso, a posição que talvez demande mais afirmação seja justamente o ataque pelas dúvidas de Mano, principalmente entre Raniel e Sobis. É bom pontuar que David, ex-Vitória, ainda não jogou porque chegou lesionado. Ainda não o vimos atuar, então pode ser uma boa surpresa".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos