Gilson Kleina lamenta derrota por goleada e prevê pressão da torcida

A Chapecoense iniciou o Campeonato Brasileiro da maneira que não desejava. O time comandado por Gilson Kleina perdeu por 5 a 1 pelo Atlético-PR, na Arena da Baixada, neste domingo e acabou de assumir a lanterna da competição. O técnico lamentou a derrota, mas salientou que o trabalho durante a semana será pesado.

- Fizemos um gols de bola parada. Se levar firme a regra, tinha uns três quatro pênaltis para a gente. Muito agarra-agarra. temos que assimilar, sentir a derrota. Só vamos ser vitoriosos no domino se sentirmos a derrota. Trabalhar, conversar. Não é normal esse resultado. O primeiro resultado elástico em seis meses de trabalho. não pode estar levando de três fora de casa e se expor como fez. Temos que ter responsabilidade até o final.

Gilson Kleina já prevê pressão para próxima partida, mas sinalizou que equipe está consciente e com responsabilidade para o duelo.

- Sabemos da responsabilidade. A pressão de repente vai ser colocada por vocês. Temos que trabalhar, passar uma responsabilidade para nosso grupo. Sabemos como funciona a Série A. Sabemos o comprometimento que temos que ter um jogo melhor contra o Vasco. Já vamos ter a pressão necessária. Temos que trazer nosso torcedor, trabalhar como sempre fazemos,. saber que foram erros pontua

O próximo jogo da Chapecoense será contra o Vasco na Arena Condá, às 16h, no domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos