Campeão mundial em 1998 dispara contra Neymar: 'Ele cospe no PSG'

Campeão mundial com a França em 1998, o ex-jogador Christophe Dugarry criticou a ausência de Neymar na partida que culminou com o título francês, na goleada por 7 a 1 sobre o Monaco, no Parque dos Príncipes, no último domingo. Para ele, o camisa 10, mesmo em tratamento de uma fratura no pé direito, deveria estar no estádio.

- Como pode faltar ao jogo do título? Como pode reivindicar ser um líder? Ele olha para o próprio umbigo e faz um esporte individual. Além disso, jogou poker. Como o clube pode aceitar isso? Ele cospe no PSG. Como você pode apertar a mão de seus parceiros se comportando assim. Se eu fosse um torcedor do PSG, ficaria furioso - disse Dugarry, em entrevista à rádio francesa "RMC".

Neymar passou por exames na última semana e o resultado foi satisfatório, segundo o PSG. Ele segue no Brasil em tratamento e não tem previsão de volta, apesar de o técnico Unai Emery ainda contar com ele para os últimos jogos do Francês.

- Ele deve pensar que está jogando futsal com seus amigos. Se dedica só a provocar e fica esperando os adversários a 45 metros do gol do rival, algo totalmente inútil - disparou Dugarry, antigo crítico de Neymar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos