Andrés diz que Fla queria Carille e Rodriguinho; técnico desconhece

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, disse nesta terça-feira que o Flamengo sondou o meia Rodriguinho e ofereceu R$ 1 milhão por mês ao técnico Fábio Carille. A declaração foi dada após a reunião que consagrou Rogério Caboclo como novo presidente da CBF, no Rio de Janeiro. Andrés esteve presente e votou em branco, enquanto Eduardo Bandeira de Melo, presidente do Fla, preferiu acompanhar pessoalmente o treino aberto de sua equipe no Maracanã.

- Eu venho aqui, me posiciono. Cadê ele (Bandeira de Mello)? Deve estar lá sondando o Rodriguinho, querendo o Carille. Isso que ele fez. Ofereceu R$ 1 milhão por mês para levar o Carille. Não vai levar. Tentou tirar o Rodriguinho. Não vai tirar. Dou 50% de desconto na multa do Rodriguinho e garanto que ele não leva. Gestão de nada. Ele vai sair e a conta vai chegar paro Flamengo - disparou Andrés Sanchez.

Fábio Carille concedeu entrevista coletiva pouco depois, após comandar treino na Argentina, onde o Corinthians enfrenta o Independiente (ARG) nesta quarta-feira, pela Libertadores. O técnico disse desconhecer a proposta e falou com bom humor.

- R$ 1 milhão por mês? Pego minha mala, Dutra e tchau (risos). Não chegou nada a mim, só se falaram com meu empresário. Estou bem aqui.

Bandeira de Melo também falou com jornalistas para negar que tenha feito as ofertas mencionadas por Andrés:

- Acho um absoluto disparate. Não foi feito nenhum tipo de proposta pelo Carille ou pelo Rodriguinho, muito menos por esses valores. Tem alguém enganando alguém.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos