Após resultado 'aquém do esperado', Barbieri projeta vitória do Fla fora

A decepção pelo empate do Flamengo em casa, 1 a 1 com o Santa Fe nesta quarta-feira, ficou clara na entrevista do técnico Maurício Barbieri. Após o confronto no Maracanã, o interino não escondeu a frustração pelo resultado, mas demonstrou confiança em recuperar os pontos perdidos como visitante.

- Foi um resultado aquém do esperávamos, mas temos condições de buscar fora. Já provamos contra o Emelec. O pensamento é esse: buscar na Colômbia o que deixamos de vencer aqui - analisou o técnico, ainda interino, do Flamengo.

A explicação para o empate em casa, na visão de Maurício Barbieri, passa por vários fatores, não apenas pela ausência da torcida no Maracanã, por exemplo.

- Se houvesse uma resposta simples, seria muito fácil. São muitos fatores que contribuíram. Numa infelicidade tomamos o gol, e a equipe sentiu. Eles voltaram ainda mais fechados e nós nos acertamos para não sofrer contra-ataques. Não produzimos tanto o quanto queríamos, mas tivemos chances de gol, só que não conseguimos marcar o segundo (gol) - afirmou Barbieri.

Apesar de não ser o esperado, o resultado ainda deixou o Rubro-Negro na liderança do Grupo 4, com cinco pontos. O Santa Fe, com três é o segundo, enquanto River Plate, com dois, e Emelec, com um, completam a chave. A equipe argentina visita o time equatoriano nesta quinta pela terceira rodada.

A chance de recuperar os pontos perdidos em casa - o Flamengo empatou os dois jogos que fez como mandante na Libertadores-2018 - já será na próxima quarta. Em Bogotá, às 21h45, o Rubro-Negro encara o Santa Fe no El Campín.

Confira outras respostas do técnico Maurício Barbieri:

Impacto da ausência da torcida

Afeta (sem torcida). Ambiente diferente, não tem a motivação extra, isso fez falta. Não foi o fator preponderante.

Como isso foi tratado dentro do vestiário

A gente conversou. É uma questão que sabíamos, conversamos antes do jogo. A motivação tinha que vir ainda mais da gente, mais atenção por não contar com o apoio da torcida.

Substituição de Lincoln por Henrique Dourado

A gente tentou ajustar o posicionamento para a bola chegar mais no centroavante. Dourado estava com dificuldade por não ter a mobilidade do Lincoln. Apesar da idade, é um grande jogador e de muita técnica.

Dificuldade após o gol sofrido

Depois do gol, Santa Fe recuou ainda mais. No primeiro tempo, os volantes saíram e encontramos mais espaços. Não conseguimos mais ter tanto espaço por dentro, faltou encontrar os espaços nas laterais. Não tivemos efetividade para isso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos