'Vai ser loko': 'bando' do Corinthians encara a loucura paranista no BR

"Aqui tem um bando de loucos, loucos por ti..."

É sabido que o trecho acima é de um canto da torcida do Corinthians, mas não cairia mal no Paraná. A loucura é uma característica muito bem aceita pela torcida do clube paranaense e faz da partida deste domingo, às 11h, na Vila Capanema, um "duelo de loucos".

A do Corinthians, campeão do século e atual campeão brasileiro, está consolidada. Corintiano, maloqueiro e sofredor tem milhões no Brasil. A Fiel mostra sua força há anos. A do Paraná é mais humilde. Não tem milhões de adeptos, o clube é relativamente novo - fundado em19 89, tem 39 anos, mesma idade de Emerson Sheik, jogador mais velho do Timão e que será desfalque neste domingo. Além disso, sofre com a seca de títulos: o último paranaense foi em 2006, há 12 anos. E é desse cenário desfavorável que o clube tenta fazer da loucura de seus torcedores, uma marca.

Nesta semana que antecedeu o jogo, o Paraná lançou em suas redes sociais uma campanha convocando os torcedores para fazerem da Vila Capanema um caldeirão. O movimento foi embalado pela tag #VAISERLOKO, presente na maioria das postagens do clube no Twitter. O ápice e que evocou o duelo de loucos foi com a divulgação de um vídeo que viralizou na internet. Nele, o Paraná fez praticamente uma leitura filosófica da loucura presente nos dois clubes, foi muito respeitoso com o "bando corintiano", mas garantiu que seu torcedor é ainda mais louco. Até este sábado, o vídeo tinha mais de 83 mil visualizações, quase a quantidade de seguidores do clube no Twitter: 85,2 mil. Bombou. Veja abaixo:

Nas redes sociais, aliás, é possível observar um outro lado mais "louco" do clube paranaense. O perfil oficial do clube faz sucesso por sair do senso comum e impor um caráter mais humanizado e bem humorado nas postagens. Consagrou o "estagiário", modo dos torcedores de se referirem a quem cria as publicações. É um dos precursores deste tipo de perfil, assim como o do Atlético-GO, entre outros. Nesta semana, eles até interagiram, o que se tornou comum.

Essa também é uma marca do Corinthians, que constantemente recorre ao humor para fazer publicações. Assim anunciou o volante Ralf como um pitbull bravo. Uma delas, porém, ficou marcada negativamente este ano. Foi pelo Twitter que o clube fez um pré-anúncio da contratação do lateral-esquerdo Zeca com uma imagem dele subindo a Serra de Santos para São Paulo, mas ela acabou não se confirmando. Virou mico. Nesta semana, o São Paulo também usou de um perfil mais humanizado para anunciar o atacante Evérton, interagindo com seus torcedores. Pegou bem.

Para o duelo deste domingo, restam apenas poucos ingressos dos pouco mais de 17 mil colocados à venda. Os dois mil destinados aos corintianos foram todos vendidos. Vai ter muito louco no estádio para acompanhar esse duelo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos