Força tricolor! Com um a menos, Pedro resolve e Flu vence o Cruzeiro

Mesmo com um a menos desde os 15 minutos de partida, o Fluminense mostrou uma raça impressionante para segurar o Cruzeiro no Maracanã e vencer por 1 a 0 em sua estreia em casa no Campeonato Brasileiro. Sob os olhares de pouco mais de 10 mil torcedores, os cariocas souberam equilibrar a partida e frear bem os momentos de pressão dos mineiros, que estavam pouco inspirados. Destaque para o jovem Pedro, autor do gol do jogo.

Mudanças nas equipes

O Fluminense entrou em campo com duas mudanças em relação ao time que perdeu para o Corinthians. Frazan ocupou o lugar no machucado Ibañez, enquanto Marcos Junior voltou à equipe titular no lugar de Pablo Dyego.

Do lado do Cruzeiro, era esperado que Mano Menezes colocasse uma equipe mista por conta da Libertadores, porém, não foi bem assim. Com um time forte, Sassá iniciou como titular, Romero entrou na direita e Hermes na esquerda.

Desnecessário

O lateral Gilberto durou 15 minutos em campo. Em lance imprudente, o camisa 2 levantou o pé e foi com tudo na cara de Sassá, recebendo o cartão vermelho direto e mudando totalmente a estratégia de jogo do Fluminense logo cedo.

Dificuldade dos visitantes

Mesmo com a vantagem numérica, o Cruzeiro encontrou problemas para reverter isso em oportunidades. Os mineiros ficaram mais tempo com a bola no pé, mas faltou objetividade e mais velocidade para passar pela zaga tricolor. A grande quantidade de passes errados também dificultou o trabalho dos dois lados, ajudando a manter o 0 a 0 no placar na etapa inicial.

Momento ideal

Na volta do segundo tempo, o Flu precisou de três minutos para ficar um pouco mais tranquilo e ser recompensado pelo jogo mais seguro que vinha fazendo. Após desviada de Gum na falta de Sornoza, Pedro apareceu no caminho para colocar a bola no gol e abrir o placar na primeira finalização que a equipe de Abel Braga conseguiu na partida. O jovem chegou ao nono gol no ano.

Cruzeiro domina, mas não marca

Depois do gol, o Tricolor resolveu se fechar mais para não correr tantos riscos e o Cruzeiro passou a dominar as ações ofensivas da partida apostando principalmente nas bolas aéreas. Arrascaeta e Dedé perderam uma chance impressionante já depois dos 30 minutos e, mesmo indo para o abafa, o time Celeste não conseguiu balançar as redes do Maracanã.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos