Advogados de Gustavo Scarpa criticam o Fluminense: 'Intransigente'

A equipe de advogados que defende Gustavo Scarpa divulgou uma nota nesta segunda-feira fazendo críticas ao Fluminense. Em meio ao processo que cobra quase R$ 9 milhões do clube na Justiça, além da rescisão de seu contrato, o estafe do jogador criticou a postura "intransigente" da equipe das Laranjeiras. O Palmeiras ainda aguarda um desfecho.

"Informamos que, em momento algum, o atleta Gustavo Scarpa recusou qualquer tipo de comunicação com o Fluminense Football Club. A verdade é que o Fluminense, que tem apenas objetivos financeiros no assunto - mas nenhum interesse esportivo, vem se mostrando intransigente e obrigatoriamente quer impor e envolver um terceiro que não é parte no processo, fato esse que independe da vontade do atleta", diz o texto, assinado pelo advogado Bruno Tocantins e sua equipe.

Na última semana, após a mais recente audiência do caso, o advogado do Fluminense, Rui Meier, relatou uma reunião entre as partes, que acabou sem desfecho. O clube carioca já disse que anteriormente esteve próximo de acertar uma troca de jogadores com o Palmeiras na negociação por Scarpa, mas este não é o cenário de momento.

O Verdão, no caso o terceiro interessado do processo, deve esperar o fim do caso na Justiça - o que deve levar pouco menos de um mês. Até lá, não é esperada uma negociação entre as duas diretorias, até pela confiança que o estafe do armador tem na vitória, conforme mostra a nota (leia ela completa abaixo).

Scarpa fechou com o Verdão no começo do ano graças a uma liminar que havia rescindido seu contrato com o Fluminense. Ele alega no processo ter mais de R$ 9 milhões a receber do Tricolor, referentes a salários, férias e 13º atrasados, além parcelas do FGTS, mas o clube carioca conseguiu cassar esta liminar.

Enquanto não sair a definição do processo, ele segue vinculado ao Flu. O Ministério Público do Trabalho deu parecer favorável ao atleta, mas isto não tem valor prático no momento. É, por enquanto, um ponto a favor do jogador, mas a decisão final virá em audiência na 70ª Vara do Trabalho.

Confira a nota completa:

"Tendo em vista as diversas notícias que foram veiculadas recentemente e que ganharam força na semana que antecedeu a audiência realizada no dia 16 de abril de 2018, informamos que, em momento algum, o atleta Gustavo Scarpa recusou qualquer tipo de comunicação com o Fluminense Football Club.

A verdade é que o Fluminense, que apenas tem objetivos financeiros no assunto - mas nenhum interesse esportivo, vem se mostrando intransigente e obrigatoriamente quer impor e envolver um terceiro que não é parte no processo, fato esse que independe da vontade do atleta.

Por fim, cumpre-nos salientar que seguimos confiantes em um desfecho favorável ao atleta mediante a pura e simples aplicação da lei.

Dr. Bruno Tocantins e equipe".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos