Rogério Ceni ironiza e diz que Leco sente sua falta no São Paulo

Atualmente no comando do Fortaleza, o técnico Rogério Ceni ironizou a figura de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco (presidente do São Paulo). Demitido pelo cartola no meio do ano passado, o ídolo do Tricolor falou que pediu o meia-atacante Everton, ex-Flamengo, para seu time na última temporada, mas ouviu uma negativa do dirigente.

- O Everton eu pedi ano passado, mas não tinha dinheiro para contratar. Nesse ano felizmente eles têm o Everton e agora pôde ser apresentado junto com Lugano, Raí, Ricardo Rocha,todos grandes ídolos e jogadores que participaram de momentos fantásticos. São pessoas que se deixarem trabalhar podem trazer muita coisa boa ao São Paulo - pontuou Ceni em entrevista para a Espn Brasil na tarde desta segunda (23).

Quando questionado sobre o fato de Leco ter dito recentemente em entrevista no CT da Barra Funda que Raí era o maior ídolo da história do São Paulo, Ceni desconversou, mas sem deixar deixar de cutucar o presidente Leco.

- O presidente deve sentir saudades de mim. Alguma coisa assim eu acho, não é? Mas eu vejo como uma opinião. Todos têm o direito de expressar a sua opinião sobre quem gosta mais. Espero que ele continue gostando do Raí, assim como ele gostava de mim, e que os resultados venham, porque as vezes a pessoa deixa de gostar quando o resultado não vem - avisou Ceni.

Depois de ser eliminado, em sequência, do Paulistão, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana no comando do São Paulo, Rogério Ceni foi demitido do comando do clube após entrar na zona de rebaixamento do Brasileirão. Como treinador do clube do Morumbi, o ídolo fez 37 jogos, somando 14 vitórias, 13 empates e 10 derrotas.

Ainda muito querido no clube, a passagem de Ceni é considerada por muitos torcedores como injustiçada no São Paulo. Afinal, depois de sua saída, nomes importantes chegaram ao clube como Hernanes e Marcos Guilherme, que foram vitais para o Tricolor não ser rebaixado no Brasileirão. Apesar do sentimento, Ceni afirmou ser difícil retornar ao clube, pelo menos em um futuro próximo.

- A gente não sabe o que acontece na vida, pela lógica é muito difícil. Mas ficará sempre o desejo de coisas boas para o São Paulo. Seria incoerente, quem sabe num futuro mais distante a gente possa voltar. Não vivo de sonho, sonhar é importante, mas vivo o futebol, gosto de trabalhar, estou super feliz e satisfeito aqui. Voltar ao São Paulo um dia claro que é uma coisa muito bacana, mas agora temos que passar por um processo para, quem sabe, um dia voltar. Para mim, vai ser um momento muito gratificante. Por enquanto, é só o carinho e a admiração que fica

O Fortaleza é o atual líder da Série B do Brasileirão com duas vitórias em dois jogos. No Campeonato Cearense, a equipe ficou com o vice-campeonato, tendo perdido para o Ceará, seu maior rival, na decisão. Nesta temporada, Ceni tem 20 jogos, com 14 vitórias, um empate e cinco derrotas, somando 71,6% de aproveitamento dos pontos disputados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos