Ezequiel enaltece empate e não teme concorrência com Aguirre: 'Tenho que fazer o meu'

Autor do passe para a assistência do gol do Botafogo contra o Sport, Ezequiel foi o escolhido pela assessoria de imprensa para a entrevista coletiva desta terça-feira. Um dia após o Glorioso arrancar um empate no fim na Ilha do Retiro, o jovem atacante analisou a importância do ponto fora de casa.

- Não vamos ganhar sempre. O Brasileiro é muito longo, sabemos disso, e é importante um ponto fora de casa - falou Ezequiel.

O atacante de 20 anos entrou no lugar de Leo Valencia e atuou por aproximadamente 30 minutos. Perdeu algumas bolas, porém tentou bastante pelo setor esquerdo. Para ele, tem sido importante descer ao time sub-20 para reforçar a equipe de Eduardo Barroca na Copa do Brasil da categoria.

- Não vejo como demérito (descer ao sub-20 para jogar a Copa do Brasil), até porque, o Barroca (técnico dos juniores) e o Valentim têm conversado bastante, e isso é importante para eu ganhar ritmo de jogo também. Quero estar disponível e sempre atuando - disse Ezequiel, que demonstrou personalidade ao ser questionado acerca da concorrência com o badalado Rodrigo Aguirre:

- Não existe temor. Eu tenho que me preocupar comigo, fazer o meu e estar bem. E é importante que venham novos jogadores para reforçar - finalizou.

É bem provável que Ezequiel volte a atuar pela equipe sub-20 nesta quarta-feira, quando o Botafogo recebe a Ponte Preta, no CEFAT (Niterói), às 15h (de Brasília), pela ida das quartas da Copa do Brasil.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos