Marcelo faz, Real vira sobre o Bayern e fica perto da final da Champions

Quem segura o Real Madrid em Liga dos Campeões? Mesmo com exibição ruim, os espanhóis venceram, de virada, fora de casa, o Bayern de Munique, por 2 a 1, em jogo válido pela ida das semifinais. Marcelo e Asensio fizeram os gols da vitória, enquanto Kimmich anotou para os bávaros. Foi a primeira partida que o atacante Cristiano Ronaldo passou em branco nesta edição da Champions.

A partida da volta é na próxima terça-feia, dia 1/5, no Santiago Bernabéu, às 15h45. Quem avançar pega Liverpool ou Roma, que se encaram na outra semifinal. A decisão do torneio será no dia 26/5, em Kiev, na Ucrânia.

Ao contrário da outra semifinal, faltou um pouco de emoção, mas não tensão. Nem gols. E quem largou na frente foi o time bávaro, aos 27, com o lateral-direto Kimmich, após bela enfiada de James Rodriguéz. O camisa 32 recebeu sozinho na direita, deu a entender que cruzaria, mas chutou e enganou o goleiro Navas.

O tento do Bayern saiu com uma jogada que começou lá atrás, com o goleiro Ulreich, e justamente no melhor momento dos merengues na partida, logo após boa chegada de Carvajal. Antes e depois dos alemães abrirem o placar, o cenário era: o time de Munique amassando e perdendo muitos gols, e o Real sumido no campo e chegando em raros momentos.

Em uma delas, aos 43, um outro lateral, esquerdo, empatou. Carvajal 'cruzou com a cabeça', Cristiano Ronaldo chegou a armar uma bicicleta, mas a bola parou em Marcelo, que acertou um belo chute. Pintura!

Bayern de Munique sofre com lesões

Apesar da superioridade técnica em campo, também explicada pelo fator casa, o Bayern de Munique sofreu com lesões: aos 7, Robben saiu para a entrada de Thiago Alcântara e aos 31 Boateng deu lugar a Süle.

O segundo tempo teve o mesmo cenário do primeiro: Bayern à frente, mas perdendo um caminhão de gols, principalmente com Ribery. Do outro lado, o Real Madrid chegava pouco, mas era fatal. E, aos 11 Vázquez aproveitou passe errado de Rafinha e tocou para Asensio, que avançou e chutou na saída do goleiro.

O Bayern seguiu perdendo gols, enquanto o Real se segurava e nas raras vezes que encaixava um contra-ataque, era perigosíssimo. Cristiano Ronaldo ainda marcou também, dominando e chutando cruzando. Seria um golaço, mas uma pena que o português dominou com o braço.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos