Palmeiras entra com pedido de impugnação da final no TJD

O Palmeiras apresentou ao TJD-SP nesta quarta-feira o pedido de impugnação da final do Campeonato Paulista, alegando que houve interferência externa na anulação do pênalti do corintiano Ralf sobre Dudu.

O caso será analisado pelo Pleno do TJD-SP e, se a solicitação for negada, ainda haverá a possibilidade de recorrer ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), no Rio de Janeiro, e em última instância ao CAS (Corte Arbitral do Esporte), na Suíça. O Palmeiras promete ir até o fim.

O Verdão tem como principal trunfo o material da Kroll, empresa especializada em investigação que o clube contratou. O relatório da Kroll apresenta imagens de Marcio Verri Brandão, membro da comissão de arbitragem da FPF (Federação Paulista de Futebol), usando celular à beira do campo e em dois outros momentos diferentes no jogo. A prática é irregular.

Antes disso, o clube já havia mostrado imagens em que Dionísio Roberto Domingos, diretor de arbitragem da FPF, aparece à beira do gramado durante a confusão que antecedeu a anulação do pênalti.

A pedido do clube, o TJD-SP instaurou um inquérito para investigar o caso. O órgão ouviu todos os membros da equipe de arbitragem daquela partida e recebeu as imagens colhidas pelo Palmeiras. Na última segunda-feira, o auditor Marcelo Monteiro anunciou que o caso seria arquivado. Mas o Palmeiras, como parte do processo, está exercendo o direito de solicitar por sua conta a impugnação da partida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos