Guardiola freia desejo de Ederson de cobrar pênalti pelo Manchester City

O técnico Pep Guardiola freou o desejo do goleiro Ederson de bater pênalti pelo Manchester City. O comandante descartou qualquer possibilidade, seja nesta temporada ou no futuro. A justificativa é que os Citizens têm outros cobradores.

- Isso não vai acontecer, porque ele é um goleiro e há outros jogadores para efetuar a cobrança. Temos de respeitar os nossos adversários, as competições. Uma coisa é um amistoso ou uma disputa por pênaltis, situação em que ele pode bater, mas durante um jogo de campeonato, não - afirmou o treinador.

No último fim de semana, na goleada por 5 a 0 sobre o Swansea, o City teve um pênalti a seu favor e a torcida pediu que Ederson batesse. Sem reação no momento, o goleiro se animou com a possibilidade após a partida, o que foi rechaçado por Guardiola. Diante dos galeses, Gabriel Jesus desperdiçou.

Ederson foi um dos destaques do Manchester City no título do Campeonato Inglês, conquistado com antecedência. O brasileiro foi referência não só por parar ataques rivais com grandes defesas, mas pela precisão nos passes e lançamentos, qualidade que fez Pep Guardiola buscá-lo no Benfica.

No próximo domingo, o Manchester City encara o West Ham, em Londres, às 10h15 (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos