Vanderlei vê interesse do Barcelona por revelação do Santos como normal

  • Vilmar Bannacho/O Fotográfico/Estadão Conteúdo

    Vanderlei é um dos líderes do atual elenco do Santos

    Vanderlei é um dos líderes do atual elenco do Santos

O goleiro Vanderlei, um dos líderes do elenco atual do Santos, prometeu dar apoio ao atacante Diogo Vitor, flagrado no exame antidoping por uso indevido de substância presente na cocaína. O camisa 1 torce para que o resultado da contraprova seja diferente. Fã de Rodrygo, acredita que o assédio de outros clubes ao garoto de 17 anos é algo normal. O Barcelona, da Espanha, é o principal interessado.

"Foi uma surpresa, é o tipo de situação que ninguém espera. O Departamento de Futebol e o Jurídico estão cuidando disso, temos de dar apoio a ele, não saiu a contraprova ainda, vamos dar suporte e ver quais serão os próximos passos", disse Vanderlei, durante entrevista coletiva no CT Rei Pelé.

Se Diogo passa por momento complicado na carreira, Rodrygo vive situação completamente distinta. O "Rayo" é tido como a principal joia do elenco atual e está na mira do Barça. Árabes e chineses também fizeram consulta ao Santos para tentar levar o garoto de 17 anos. De acordo com Vanderlei, algo absolutamente normal.

"Aqui no Brasil, jogador da idade dele e futebol que vem apresentando, é normal o interesse nele. Cabeça boa, muito jovem ainda, tem muito a crescer aqui dentro do Santos, está vivenciando Libertadores, Copa do Brasil... Se um dia tiver que ir para Europa, vai estar preparado".

Vitória para sacramentar liderança na Libertadores

Assim como o restante do elenco, Vanderlei usa essa semana para se preparar para o próximo jogo do Peixe, nesta terça-feira, em Montevidéu, no Uruguai, contra o Nacional. O camisa 1 quer a vitória para entrar mais tranquilo nas outras competições e poder rodar o elenco.

"Temos que ir ao Uruguai para ganhar a partida e assegurar a liderança. Isso vai nos dar tranquilidade para as outras competições, até para ele poder mexer nas peças, entrar todos os jogadores e ninguém sofrer lesão", analisou, e completou:

"Tomara que não tenha trabalho, estou ali para ajudar da melhor maneira, mas espero que façamos uma grande partida e quem se destaque sejam os atacantes. Não vejo muitos vídeos, depois do jogo demoro muito a dormir. Pessoal manda vídeos no outro dia também".

Confira outros pontos da entrevista coletiva de Vanderlei:

Destaque no Santos, assim como Jailson é no Palmeiras

"Vai muito da visibilidade. Eixo Rio-São Paulo podemos mostrar o trabalho sempre, focados aqui. Em grandes competições, temos a chance de aparecer. O Palmeiras tem três grandes goleiros, Jailson tem de ralar. Aqui também. Vladimir, John e João Paulo. Estava vendo reportagem sobre o Salah, rodou por vários clubes, mas se encaixou bem no Liverpoool".

Marcas pessoais

"Não sou de acompanhar marcas, prefiro trabalhar no dia a dia. Lógico que é importante, fico feliz de me aproximar de goleiros espetaculares como Edinho e Zetti. Questão de ser ídolo, fica para torcida. Para ficar marcado na história do clube, precisa ganhar títulos. Espero que isso aconteça em 2018".

Jogar na Vila Belmiro

"A Vila sempre fez a diferença. Os adversários sentem muito. Ela sempre foi nosso forte, mas temos o Pacaembu também. A Vila é bem acanhada e dá dificuldade ao adversário".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos