Corinthians descarta novos volantes e Paulo Roberto deve ganhar chance

O Corinthians teve duas baixas importantes nesta semana com as cirurgias dos volantes Ralf e Renê Júnior, mas isso não significa dizer que novos jogadores serão contratados para a posição. O presidente Andrés Sanchez disse que o clube está bem servido na posição e não fará investimentos para repor a ausência dos lesionados. Eles só voltam a atuar depois da Copa do Mundo.

- Estamos sempre abertos a novas contratações. Mas não estamos desesperados por volantes. Até mês passado, falavam que tínhamos dez volantes. Agora vai sair que temos um. A imprensa não erra nunca. Mas vamos conseguir suprir com o que temos - afirmou Andrés.

No momento, sem Ralf e Renê, o Corinthians conta com pelo menos quatro opções para a cabeça de área e isso deve garantir uma chance a Paulo Roberto, que ainda não estreou na temporada. A dupla titular será Gabriel e Maycon, mas esse está negociado com o Shakhtar Donetks (UCR) e por isso deve sair do time eventualmente, abrindo espaço para Roberto. O técnico Fábio Carille tem procurado fazer um revezamento entre os volantes.

Além dos três principais, o garoto Mantuan também pode atuar na posição. No momento, ele vem sendo utilizado como reserva de Fagner na lateral direita, mas é volante de origem.

Vale lembrar que este ano o Corinthians já se desfez de alguns volantes no elenco, dado que iniciou a temporada com muitas opções para o setor. Camacho foi emprestado ao Atlético-PR, Jean, ao Botafogo, e Warian, ao Atlético-GO.

Ralf e Renê operaram na última sexta-feira. O primeiro teve lesão no ombro esquerdo na partida contra o Vitória na última quarta-feira e ficará cerca de três meses em recuperação. Já Renê lesionou o menisco do joelho direito, com prazo de recuperação de pelo menos dois meses. Até a Copa, o Timão faz 14 partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos