Com hat-trick de Messi, Barcelona fatura o seu 25º título espanhol

O Barcelona conquistou o seu 25º título espanhol ao bater o Deportivo La Coruña, na Galícia, por 4 a 2. O grande destaque foi Lionel Messi, que fez três gols e chegou a 32 no Campeonato Espanhol. Apesar do show do argentino, o momento mais marcante foi a entrada de Andrés Iniesta aos 41 minutos do segundo tempo. A torcida do time da casa, que via o seu time ser rebaixado com a derrota, aplaudiu de pé o meia, que deixará o clube catalão ao fim da temporada.

Foi o 32º título da carreira de Iniesta pelo Barcelona, o nono do Espanhol. Depois de 22 anos, ele deixará o clube blaugrana, provavelmente para defender um time chinês.

Com os três gols, Messi chegou a 13 diante do La Coruña no Riazor, em oito partidas. São 41 hat-tricks do argentino em toda a sua carreira. De quebra, ultrapassou Salah, do Liverpool, na corrida pela Chuteira de Ouro.

O Barcelona chegou a 86 pontos e não pode mais ser alcançado pelo Atlético de Madrid, que soma 75. O Real tem 71, enquanto o Valencia fecha o G4, com 67. Já o Deportivo La Coruña estacionou nos 28 e foi rebaixado à Segunda Divisão, juntando-se a Las Palmas e Málaga.

A estrela da noite na Espanha estava no banco. Iniesta, que anunciou sua saída do Barcelona na última sexta-feira, observava seus companheiros atacarem o desesperado La Coruña, que buscava a vitória para se livrar do rebaixamento.

Com inteligência, o Barcelona atacou e, de forma cirúrgica, abriu o placar aos seis minutos. Dembélé recebeu na área e rolou para Philippe Coutinho. De primeira, o brasileiro acertou o ângulo para fazer um bonito gol.

O desespero tomava conta dos torcedores no Riazor. O Barcelona tinha o domínio e controlava o jogo. O Deportivo La Coruña tentava como podia, na base da vontade. E chegou ao empate, mas Lucas Pérez estava impedido e teve o gol anulado. Em outros lances, a defesa catalã dava espaços, que eram mal aproveitados pela equipe da Galícia, que perdia muitas chances.

O Barcelona atacava na boa e foi chegando com perigo. Coutinho quase ampliou, mas Messi não perdoou. Em grande cruzamento de Suárez, de trivela, o argentino pegou de primeira. O goleiro Rúben não conseguiu segurar. No fim da etapa inicial, o La Coruña, enfim, foi premiado. Lucas Pérez escorou cruzamento de Borja Valle e colocou fogo no jogo.

A partida ficou mais aberta na segunda etapa. O Barcelona levava perigo em quase todo ataque, enquanto o Deportivo La Coruña avançava em busca da virada. E chegou ao empate com Colak, após passe de Borges.

A torcida presente no Riazor vibrou quando Iniesta começou o aquecimento. Mas Ernesto Valverde colocou Denis Suárez no lugar de Dembélé. Paulinho também foi a campo na vaga de Coutinho. O empate ainda dava o título ao Barcelona e rebaixava o La Coruña. Rúben salvava a equipe da casa como podia, como em finalização de Suárez.

Mas o goleiro nada pôde fazer quando a dupla Messi e Suárez fizeram linha de passe na área. Depois de deixar a defesa tonta, o argentino bateu no canto, colocando os catalães em vantagem novamente.

Logo em seguida, o Barcelona fechou o caixão do La Coruña na Primeira Divisão do Campeonato Espanhol ao fazer o quarto, novamente com Messi, após passe de Rakitic.

Seria o último lance do croata, que deixaria o campo para a entrada de Iniesta, o personagem da noite. O meia espanhol foi aplaudido de pé pela torcida presente no Riazor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos