Zelarayán, Dodô e Cittadini: Santos espera sucesso nas três negociações

Presidente do Santos, José Carlos Peres já falou por diversas vezes que o Peixe não fará loucuras financeiras para reforçar seu elenco. Pelo contrário. Aposta em contratações certeiras. Nessa linha, o clube espera ter sucesso em três negociações: a renovação do volante Léo Cittadini, cujo contrato se encerra em dezembro, a compra de Dodô, emprestado ao Alvinegro até o fim do ano pela Sampdoria, da Itália, e a chegada de Lucas Zelarayán, do Tigres, do México.

Zelarayán: o sonho de consumo

?- Ele está louco para vir.

Assim, Peres resumiu seu entendimento sobre tudo o que envolve o meia argentino Lucas Zelarayán. O clube alvinegro negocia com o Tigres, do México, desde o começo da temporada a liberação do jogador, mas ainda não obteve sucesso. Durante evento em São Paulo, Peres garantiu que ainda torce e trabalha para a contratação do atleta.

- Ele quer jogar no Santos. Em um das vezes que estive negociando com o presidente do Tigres, ele me disse que seria difícil liberar, pois o jogador foi visto em um shopping do México usando a camisa do Santos. Isso incomodou o clube. Queremos ele ou alguém melhor do que ele, mas o Santos vive uma situação financeira complicada - completou o presidente.

Léo Cittadini: oferta final já foi entregue

Conforme publicado pelo LANCE!, a renovação do volante está encaminhada. Na última quarta-feira, o Santos entregou a oferta final ao estafe do Menino da Vila e agora aguarda uma resposta e torce por um desfecho positivo - a partir de julho, o camisa 19 já poderia assinar um pré-contrato com qualquer outro clube, caso não renove até lá.

- Está encaminhada. Devemos ter novidades nos próximos dias, próximas horas. O caminho dele é o Santos. Ainda não houve propostas. Está jogando, crescendo o futebol dele. Tem que provar muita coisa ainda. O atleta precisa mostrar todos os dias. É hora de investir um pouco nele mesmo

Dodô: nada de troca, Santos quer a compra

?Peres aproveitou o evento para dizer que não pretende abrir mão de um "Menino da Vila, jogador titular e produto do clube" para trocá-lo por outro. Portanto, neste momento, não há a possibilidade de Dodô ser trocado por Cittadini, embora tal negociação tenha sido levantada pelo estafe do volante, que detém passaporte comunitário europeu.

- Não há a menor possibilidade de uma troca. Nos próximos meses talvez a gente consiga já trazer Dodô em definitivo. Não existe possibilidade de troca com o Cittadini. Esquece. Não vamos queimar um atleta nosso para trazer outro. Não vai acontecer nunca. Aconteceu no caso Zeca porque estava afastado - finalizou Peres.

Dodô está emprestado pela Sampdoria até dezembro e tem valor de compra fixado na casa dos R$ 6 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos