Vice do Botafogo dispara contra a arbitragem: "Contra 12 é difícil"

  • Pedro Vale/AGIF

O Botafogo considerou o resultado diante do Cruzeiro, realizado no último domingo, no Mineirão, amargo. A derrota por 1 a 0, pela quarta rodada do Brasileiro, não foi bem digerida por um membro da alta cúpula alvinegra, que mudou as vias e externou a insatisfação.

Logo após o apito final, o vice-presidente de comunicação, Marcio Padilha, reclamou bastante da arbitragem, cujo sexteto foi liderado pelo juiz Leandro Bizzio Marinho, via Twitter.

Presente no local da partida, Padilha contestou a distribuição dos cartões amarelos, de acordo com ele, mais rigorosa com os visitantes, além de apontar a impressão de que Dedé tocou uma bola com a mão, já na reta final do duelo. E disparou: "Jogar contra 12 é complicado".

Contra o Cruzeiro, o Botafogo, autor de 12 faltas, viu quatro jogadores levarem amarelo: Gilson, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Luiz Fernando. Do outro lado, que cometeu 19 faltas, apenas um foi aplicado, em Henrique.

O Botafogo, agora, vira a chave e inicia a preparação para receber o Audax Italiano-CHI, nesta quarta-feira, pela Copa Sul-Americana. O time de Alberto Valentim precisa de um empate diante da equipe de Loco Abreu, uma vez que venceu na ida por 2 a 1.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos