Cavani fala sobre futuro no PSG e vê Brasil e Alemanha favoritos na Copa

Em Montevidéu para se juntar à seleção uruguaia na preparação para a Copa do Mundo, Edinson Cavani abriu o jogo sobre seu futuro no Paris Saint-Germain após o Mundial. Cobiçado por gigantes europeus e com contrato renovado em abril do ano passado até 2020, o atacante falou sobre sua identificação com o clube e o desejo em permanecer.

- Renovei porque quero ficar. Já são cinco anos de clube e tenho boas ligações com a cidade e as pessoas. É normal que queira o melhor, ver o clube evoluindo - declarou o uruguaio.

Sobre as expectativas em relação ao Uruguai na Copa, Cavani exaltou a evolução da equipe ao longo de toda a disputa das eliminatórias e chamou a atenção para a qualidade do torneio.

- Em uma Copa do Mundo, estão presentes as melhores equipes, os melhores jogadores. Qualquer erro te custa caro. Temos que pensar em nós. No que fizemos nas eliminatórias. Em como a equipe cresceu como grupo, é o que importa neste momento - afirmou.

Por fim, o artilheiro do PSG disse acreditar que Brasil e Alemanha chegam com força para brigar pelo Mundial da Rússia.

- Nunca se sabe, mas há seleções que sempre são uma potência, como a Alemanha e o Brasil. Sempre estão aí, entre os quatro ou entre os oito finalistas. Mas quando chegar o momento, os enfrentaremos com o mesmo espírito, e é o que importa - concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos