Ex-Barcelona relembra início de carreira: "Seria bandido ou jogador"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Craque do Barcelona na década de 90, Hristo Stoichkov deu uma forte declaração sobre seu início de carreira. Em entrevista ao programa "Offside", o búlgaro revelou que, em determinado momento, teve que escolher entre dois caminhos: a bola ou a criminalidade.

Em uma época, tive apenas duas opções na vida: ser bandido, roubar e fazer outras barbaridades, ou ser jogador de futebol. Optei por ser jogador", declarou Stoichkov.

O ex-atacante ainda afirmou que, aos 18 anos, chegou a pensar em fugir da Bulgária para escapar do serviço militar.

"Passei seis meses no quartel vestido como um soldado búlgaro. Levantava às cinco da manhã para lavar as praças. Pensei em fugir da Bulgária. Ia para outro país, tirava um novo passaporte e jogava lá", concluiu.

Hristo Stoichkov teve passagem marcante pelo Barcelona nos anos 90. Pelo clube catalão, conquistou uma Liga dos Campeões, cinco Campeonatos Espanhóis, uma Copa do Rei e duas Supercopas da Europa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos