Revelado no Sporting, CR7 fala sobre crise no clube: "Me deixa aborrecido"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

Os atos de violência praticados na última semana no centro de treinamento do Sporting, em Alcochete, ainda repercutem em todo o mundo. Dessa vez, foi Cristiano Ronaldo quem comentou sobre o assunto. O jogador do Real Madrid, que foi formado na base do Sporting condenou os atos e disse estar do lado dos colegas de profissão.

"É uma situação que me deixa aborrecido. Tenho que ficar sempre do lado de jogadores e treinadores. Tenho a mesma profissão que eles, estou a 100 por cento com eles", falou o atacante à emissora 'RTP', que complementou explicando que não é a melhor pessoa para falar sobre o assunto.

"Não sei se sou a pessoa mais adequada para dar conselhos. Cada um toma as suas decisões e há que respeitá-las. Estarei sempre ao lado de jogadores e do treinador", finalizou Cristiano, que jogou apenas uma temporada como profissional do Sporting, onde atuou por 35 partidas e marcou 5 gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos