Atlético-MG fecha acordo com Emerson Conceição para pagar dívida

O ex-jogador do Atlético-MG, Emerson Conceição, abriu um processo na Justiça do Trabalho, em 2016, contra o clube alvinegro. As partes fecharam acordo e o Galo aceitou pagar R$ 5 milhões ao lateral-esquerdo, segundo o site do Globo Esporte. Após audiências, documentos e provas, o Atlético-MG concordou com o ressarcimento milionário.

O atleta cobra salários, direitos de imagem e até parte do valor relacionado aos direitos econômicos da venda dele ao clube. Emerson Conceição alega ter recebido apenas R$ 40 mil de R$ 1,5 milhão a que teria direito. O lateral também acusou o Galo de prática de assédio, por ter sido colocado para "treinar em separado do grupo de atletas, em horário alternativo", nos últimos cinco meses do contrato.

De acordo com o site do Globo Esporte, o Atlético já iniciou o pagamento e dividiu o valor em nove parcelas mensais de R$ 50 mil até janeiro de 2019. Depois, o clube pretende pagar 35 prestações de R$ 130 mil. Vale destacar que o acerto ainda precisará ser homologado pelo juiz da 18ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte.

A negociação com Emerson Conceição foi considerada positiva pelo clube. Para evitar possíveis bloqueios e aumento da quantia pedida, o Atlético-MG optou pelo acerto. O Galo também se comprometeu a pagar aos procuradores do jogador R$ 500 mil, em cinco parcelas, a partir de 20 de maio de 2018.

O que chama atenção no acerto é a incidência de multa equivalente a 20% em caso de atraso no pagamento. Se chegar a acumular três parcelas seguidas sem pagar, o clube estará sujeito ao vencimento antecipado do acordo e terá que quitar o valor remanescente de forma imediata.

Emerson Conceição chegou ao Alvinegro em abril de 2014 com vínculo firmado até 2016, mas não conseguiu se manter na equipe. No total, atuou em 27 partidas pelo time mineiro, mas não fez nenhum gol.

O jogador se envolveu em uma polêmica, em novembro de 2014, ao lado dos atacantes André e Jô. O caso ocorreu na volta para o hotel onde a delegação alvinegra estava hospedada, para jogar contra o Atlético-PR, em Curitiba. O ato de indisciplina rendeu o afastamento do atleta, que só foi reintegrado ao elenco em 2015.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos