CBF não descarta adiar rodada do Brasileirão por conta de greve

A greve de caminhoneiros que afeta todo o Brasil começa a se refletir no futebol. A CBF afirmou que não descarta adiar a sétima rodada do Campeonato Brasileiro, no próximo fim de semana. A paralisação dos caminhoneiros pode interferir na logística, tanto do deslocamento da segurança e dos torcedores, quanto o abastecimento de bares. Apesar do indício, as partidas estão mantidas. A informação é do Globoesporte.com.

- A Diretoria de Competições da CBF monitora a situação em todos os estados. Por enquanto, os jogos programados estão mantidos - afirmou a entidade.

A Ferj, por sua vez, resolveu adiar todos os jogos deste fim de semana que organiza no Rio de Janeiro, nos profissionais e nas divisões de base. A falta de abastecimento de combustível no Estado do Rio de Janeiro é a principal razão para o adiamento.

Essa é a maior greve de caminhoneiros desde 1999. Ao todo, cerca de 500 mil caminhoneiros protestam contra o aumento recente no preço do combustível no país. A greve está afetando diretamente o abastecimento de alimentos em supermercados e causando restrições nos transportes públicos e aeroportos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos