Furacão e Santos são absolvidos no STJD no caso do uso de celular

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolveu na tarde desta quinta-feira o Atletico-PR e o goleiro Santos por usar celular em campo na partida contra o Atlético-MG. O goleiro e o clube afirmaram após o jogo, que se tratava de uma campanha de conscientização de uso do celular no trânsito.

O advogado contratado pelo Furacão, Mário Bittencourt, que realizou defesa do clube paranaense, obteve apenas uma advertência no Atlético-PR - denunciado no artigo 191 do CBJD - Responsabilidade do clube visitante pela conduta da sua torcida, independentemente da sua contribuição, como hipótese de responsabilidade por fato de terceiro - e também conseguiu a absolvição do goleiro Santos que fora denunciado no artigo 258 - conduta contrária à ética ou disciplina desportiva.

- Ótimo resultado e ao mesmo tempo justo porque foi uma ação que buscou o caráter educativo da população no que se refere ao uso do celular no trânsito. A advertência se deu apenas no sentido de que o clube das próximas vezes deva solicitar o consentimento prévio da entidade e a absolvição do Santos se deu pelo fato de que provamos que a atitude dele não teve qualquer escopo danoso ou anti ético, muito pelo contrário, ele participou de algo que ajudará a salvar vidas - afirmou Bittencourt.

O Atlético-PR, com o goleiro Santos em campo, enfrentará o Paraná no próximo domingo, 27, às 11h, na Vila Capanema, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

UOL Cursos Online

Todos os cursos