Dois saem com dores, mas Bruno e Léo Cittadini treinam normalmente

A reapresentação do elenco do Santos após o empate sem gols com o Real Garcilaso, do Peru, foi movimentada no CT Rei Pelé. Apenas os reservas fizeram trabalhos no gramado, enquanto os titulares fizeram regenerativo na parte interna. O meia Vecchio e o atacante Copete saíram mais cedo da atividade, com dores. Já Bruno Henrique e Léo Cittadini treinaram sem restrições.

Vecchio sentiu um desconforto no joelho direito e o colombiano Copete saiu da atividade com um incômodo no quadril. Os dois serão avaliados pelos médicos do clube e passarão por exames, mas não há temor de que sejam problemas graves. Portanto, ambos têm chances de estarem à disposição contra o Cruzeiro, neste domingo, no Pacaembu.

O jogo contra o time mineiro deve marcar o retorno de uma dupla importante: o meia Léo Cittadini está recuperado de uma entorse no tornozelo direito e o atacante Bruno Henrique recuperou-se de uma lesão na coxa esquerda. Os dois devem ser usados pelo técnico Jair Ventura, ao menos por alguns minutos.

Quem continua no departamento médico é o volante Alison, que torceu o joelho direito no clássico contra o São Paulo, o lateral-direito Victor Ferraz, com dores na lombar, Vitor Bueno e Arthur Gomes, ambos com entorse no tornozelo esquerdo.

Se Bruno estiver apto a começar o confronto, a tendência é que o Santos tenha quatro atacantes contra a Raposa, indo a campo com: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Yuri e Jean Mota (Léo Cittadini); Gabigol, Rodrygo, Sasha e Bruno Henrique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos