Ineficiente, Corinthians bate recorde de derrotas por ano na Arena

  • AP

O Corinthians voltou a falhar e acabou derrotado por 1 a 0 pelo Millonarios (COL) na noite da última quinta-feira em duelo pela Copa Libertadores. O revés não tirou a liderança do grupo, mas proporcionou uma estatística negativa para a equipe. O Timão chegou à quinta derrota como mandante em 2018, quarta na Arena, número jamais atingido pelo clube em uma única temporada.

Até agora, o Corinthians só tinha chegado a no máximo três derrotas na Arena em um ano, casos de 2017, 2016 e 2015. Em 2014, ano da construção, sofreu apenas uma. O time bateu recorde faltando ainda um semestre em disputa. Algo preocupante, ainda mais porque o time, agora comandado por Osmar Loss, voltou a ser ineficiente no ataque.

Contra o Millonarios, o Corinthians criou chances, assim como contra o Independiente (ARG), mas acabou igualmente derrotado. Duas derrotas em casa na fase de grupos da Libertadores, outro fator preocupante, já que o time acostumou fazer da Arena um caldeirão.

Este ano, perdeu para Millionarios (0-1), Independiente (1-2), Palmeiras (0-1) na final do Paulista e São Bento (0-1) na Arena, além de revés para a Ponte Preta (0-1) no Pacaembu. Para se ter uma ideia, levando em conta somente as equipes da Série A, apenas o Vasco da Gama perdeu mais: seis vezes.

Ano passado, as derrotas foram para Atlético-GO (0-1) e Vitória (0-1), no Brasileiro,. e Santo André (0-2)no Campeonato Paulista. Já em 2016, perdeu para Fluminense (0-1), Palmeiras (0-2) e Atlético-MG (0-1); em 2015, para Santos (1-2), Palmeiras (0-2) e Guarani-PAR (0-1); e 2014 para o Figueirense (0-1).

Resta saber quais soluções Osmar Loss adotará para impedir que a equipe não sofra com o desempenho abaixo do esperado em casa. Até a Copa do Mundo, serão jogos apenas no Campeonato Brasileiro. Na volta, porém, o Timão terá Copa do Brasil e Libertadores no mata-mata. Não terá espaço para vacilar.

"Começa um novo campeonato a partir do mata-mata. Claro que se a gente analisar os resultados, não foram satisfatórios, duas derrotas em casa não é algo comum. Alcançamos nossos objetivos de terminar em primeiro no grupo, na Copa do Brasil também classificamos, e agora temos seis jogos no Brasileirão ", analisou Osmar Loss.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos