Logo na apresentação, Roberto Fernandes responde sobre suposta rusga com ex-Náutico

Após a demissão de PC Gusmão na goleada por 4 a 1 sofrida pelo Santa Cruz diante do ABC pela Copa do Nordeste, Roberto Fernandes foi quase que imediatamente anunciado pelo clube como o sucessor. E, nem bem chegou a equipe do Arruda, o treinador precisou lidar com um assunto um tanto quanto delicado.

Isso porque ele foi questionado se efetivamente teve problemas de relacionamento com o lateral-esquerdo Henrique Ávila, hoje também no Santa e que trabalhou com Roberto no ano passado quando ambos estavam no arquirrival Náutico.

Mesmo negando qualquer tipo de desconforto com o atleta, ele não deixou de considerar que será necessário que Ávila melhore o seu desempenho até mesmo em função da cobrança da torcida sobre o mesmo:

- Não tive problema nenhum com Ávila. Em todos os jogos que nos enfrentamos, a gente se cumprimentou. E hoje é bom que se separe bem o trigo do joio. Ninguém é bobo aqui, mas Ávila precisa resgatar mais a credibilidade com o próprio torcedor do que comigo.

Em relação a como vê as possibilidades do time Coral na disputa da Série C do Brasileirão, o técnico não tem dúvidas de que a sua intenção é obter grandes objetivos. Mais precisamente, o acesso a segundona do futebol nacional.

- A nossa expectativa é buscar repetir um feito que já consegui na carreira várias vezes: Uma volta por cima com uma equipe dentro da competição. O Santa Cruz está perto do G4 e vamos buscar manter uma média de pontos para não sair dos quatro primeiros. Depois, no mata-mata, é outro campeonato e com certeza a torcida vai fazer a diferença - garantiu o técnico.

O jogo em que Roberto Fernandes fará sua estreia no comando do Santa Cruz será na próxima segunda-feira (28) às 19 h em Aracaju contra o Confiança.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos