Na China, Alexandre Pato diz que aceitaria proposta para voltar ao Milan

  • AFP

O atacante Alexandre Pato é só amores ao Milan, clube que defendeu entre 2007 e 2012, conquistando um título italiano na época. Atualmente no Tianjin Quanjian, da China, ele diz que não recusaria retornar ao clube europeu.

"Sou apaixonado pelo Milan e por Milão. Tenho mais um ano e meio de contrato aqui [na China], mas se eles me chamassem, eu não poderia dizer não", comentou, em entrevista ao jornal italiano "La Gazzetta  dello Sport".

Desde janeiro do ano passado no clube chinês. Pato diz que acompanha o time de Milão de longe e que fica triste com a situação do clube, vendido recentemente, mas que ainda não conseguiu retomar os dias de glória.

Nesta temporada, o MIlan terminou em sexto lugar no Campeonato Italiano, abocanhando uma das vagas da Liga Europa. A classificação à competição ainda pode ser retirada, como uma possível suspensão da Uefa pelo clube não ter conseguido se enquadrar no Fair Play Financeiro.

"Saber que o Milan ainda está fora da disputa do torneio mais importante da Europa, a Champions  League, me entristece, mas o clube mudou bastante nos últimos anos. Voltar ao topo não é tão simples. A classificação à Europa League já é um primeiro passo. [O técnico] Gattuso deu uma levantada no time, e ter renovado o contrato dele foi a escolha certa", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos