Quem são os atletas que vão bater três Copas (ou mais!) na Rússia

Na lista de sonhos de todo jogador de futebol há um desejo em comum: a oportunidade de defender a seleção de seu país em uma Copa do Mundo. Assim como em todas as edições, jovens atletas que se destacaram nos clubes onde atuam foram convocados por técnicos renomados e vivem o nervosismo da estreia na maior competição futebolística do planeta. Por outro lado, algumas seleções contam jogadores que se preparam para disputar o terceiro ou até quarto Mundial da carreira.

No Brasil, apenas Thiago Silva se encontra na condição. Convocado para as Copas da África do Sul e do Brasil, quando passou a capitanear a Seleção Canarinho, o zagueiro voltou a ser solicitado por Tite após as conquistas da Ligue 1, Copa da Liga Francesa e Copa da França pelo Paris Saint Germain. Entre as feras que levarão o escudo da seleção de seu país no peito pela quarta vez, destacam-se o atual melhor jogador do mundo, o português Cristiano Ronaldo, e o argentino Lionel Messi, ídolo no Barcelona.

Restando 20 dias para o início do maior evento esportivo do planeta, o LANCE! mostra quem são os jogadores mais rodados em Copas do Mundo que voltaram a ser convocados pelos seus países para a disputa na Rússia.

URUGUAI - GRUPO A

Quatro jogadores chegam com bagagem de Copa do Mundo para defender o Uruguai. O zagueiro Diego Godín, de 32 anos, que atua no Atlético de Madrid há oito temporadas, assume a ponta do ranking de experiência pela participação nas disputas de 2010 e 2014. Ele é seguido pelo lateral-direito Maxi Pereira, de 33 anos, defensor do Porto que passou pelas Copas de 2010 e 2014, assim como o artilheiro do PSG na temporada, Cavani, de 31 anos. A lista se encerra com o atacante do Barcelona Luis Suárez, que também caminha para o seu terceiro Mundial com 31 anos.

ESPANHA - GRUPO B

Pela Espanha, quatro feras irão disputar a quarta edição consecutiva da Copa: o goleiro do Napoli, Pepe Reina, de 35 anos; o lateral-direito do Real Madrid, Sergio Ramos, de 32 anos; o meia Iniesta, de 34 anos, que deixa o Barcelona após 16 temporadas no time principal para dar sequência a sua carreira no japonês Vissel Kobe, e o também meia David Silva, de 32 anos, que defende o Manchester City. Além deles, o zagueiro do time catalão Gerard Piqué, de 31 anos, e seu parceiro de treino, Sergio Busquets, vestirão a camisa da seleção espanhola pela terceira Copa. Cabe ressaltar que as seis peças do atual time de Julen Lopetegui foram campeãs mundiais em 2010, na África do Sul.

PORTUGAL - GRUPO B

Na seleção portuguesa, somente o atual melhor jogador do mundo e atacante do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, disputará a Copa pela quarta vez consecutiva, aos 33 anos. Entretanto, a lista continua com atletas que chegaram a sua terceira Copa, casos do goleiro Beto, de 36 anos, que defende o turco Göztepe, do zagueiro Bruno Alves, de 36, que atua no Rangers (ESC), e do brasileiro naturalizado português Pepe, que atua como zagueiro no Besiktas e tem 35 anos. Eles estiveram presentes nos Mundiais de 2010 e 2014.

AUSTRÁLIA - GRUPO C

A lista de jogadores que mais disputaram Copas com a camisa da seleção australiana e segue para a Rússia começa com o meia Tim Cahill, que chega para a sua quarta convocação, com 38 anos, e está sem clube. Para o Mundial da Rússia, Bert van Marwijk também contará com mais duas peças experientes na competição: o volante Mile Jedinak, de 33 anos, que atua no Aston Villa e caminha para o seu terceiro Mundial, e o meia Mark Milligan, de 32 anos, que defende o árabe Al-Ahli e participou das competição em 2006 e 2014.

FRANÇA - GRUPO C

Apenas dois representantes da França tiveram seus nomes listados pela terceira vez consecutiva para a disputa do Mundial. Curiosamente, eles são da mesma posição e astros nos times onde atuam. Trata-se de Hugo Lloris, que é capitão do Tottenham e também utilizou a braçadeira na seleção nas duas últimas Copas, e do goleiro Steve Mandanda, de 33 anos, considerado um ídolo pelos torcedores do Olympique de Marseille, time que mais defendeu.

ARGENTINA - GRUPO D

Cinco vezes melhor do mundo, Lionel Messi abre a lista de jogadores experientes que foram convocados por Sampaoli. O atacante de 30 anos, do Barcelona, esteve presente nas Copas de 2006, 2010, 2014 e voltará em 2018, assim como Mascherano, que reúne mais de 140 apresentações pela Argentina, ficando atrás apenas de Javier Zanetti. Outras peças importantes que também estão na casa dos 30 anos disputarão o Mundial pela terceira vez, são elas: o meia Di Maria, do PSG, que soma mais de 90 jogos pelo seu país; o atacante Higuaín, que atua na Juventus, e os atletas do Manchester City, Nicolás Otamendi e Sergio Agüero. O grupo foi essencial nas campanhas de 2010, quando a Argentina parou nas quartas na África do Sul, e em 2014, ano em que os hermanos ficaram com o vice do Mundial após derrota para a Alemanha.

CROÁCIA - GRUPO D

Na seleção croata, apenas o volante Luka Modric disputará a Copa do Mundo pela terceira vez. Apesar de o país não ter se classificado para o Mundial de 2010, realizado na África do Sul, o jogador, que herdou a camisa 10 de James Rodríguez no Real Madrid, esteve presente nas convocações de 2006, 2014 e volta a aparecer em 2018.

BRASIL - GRUPO E

Na seleção Brasileira, apenas Thiago Silva será visto com a camisa verde e amarela pela terceira Copa do Mundo consecutiva. Defensor do Paris Saint Germain desde 2012, o zagueiro foi escolhido por Dunga para ser capitão da equipe canarinho no Mundial de 2014 e foi eleito um dos melhores jogadores do Brasil ao final da competição.

COSTA RICA - GRUPO E

A seleção costarriquenha terá apenas um velho conhecido no elenco que disputará a Copa do Mundo na Rússia. Trata-se do ponta da Saprissa, Christian Bolaños, que esteve presente nas disputas de 2006 e foi destaque em 2014, quando o país conseguiu alcançar as quartas de final. Entretanto, a boa campanha acabou interrompida com a eliminação para a Holanda na disputa de pênaltis nas oitavas de final. Convocado por Óscar Ramírez, Bolaños também estará na equipe em 2018.

SUÍÇA - GRUPO E

Um único jogador irá completar sua quarta Copa do Mundo pela Suíça em 2018. Trata-se do meia Valon Behrami, de 33 anos, que defende a Udinese. Entretanto, a equipe ainda conta com a experiência de mais três nomes que já têm dois Mundiais no currículo. Velhos conhecidos, voltam a se encontrar na Rússia os volantes Blerim Dzemaili, de 32 anos, que atua no Montreal Impact por empréstimo do Bologna, Gelson Fernandes, o cabo-verdiano naturalizado suíço que defende o Eintracht Frankfurt, além do meia do Stoke City, Xherdan Shaqiri, de 26 anos.

ALEMANHA - GRUPO F

Para a Copa do Mundo de 2018, a Alemanha convocou seis jogadores que vão disputar o torneio pela terceira vez e foram campeões em 2014, são eles: o goleiro e capitão do Bayern de Munique e da seleção, Manuel Neuer, de 32 anos, que voltou a treinar recentemente após se recuperar de fratura no pé esquerdo, mas é dúvida na equipe de Löw, assim como o zagueiro Boateng, de 29 anos, que está correndo contra o tempo para se recuperar de uma lesão muscular sofrida em partida disputada pelo Bayern de Munique na Champions. Além deles, Mesut Ozil, meia de 29 anos, que atua no Arsenal, Sami Khedira, de 31 anos, defensor da Juventus, Toni Kross, meia do Real Madrid, e Thomas Müller, ponta-esquerda do Bayern de Munique há dez anos, também entraram.

MÉXICO - GRUPO F

O México conta com o elenco mais experiente entre as seleções que estarão na Rússia. Com uma lista de oito jogadores na situação, a equipe conta com quatro que disputaram as Copas de 2006, 2010 e 2014, são eles: o goleiro Guilhermo Ochoa, de 32 anos, que defende o Standard Liège, o meia Rafael Márquez, que atua no Atlas, e o meia Andrés Guardado, de 31 anos, que integra o Betis. Entre os atletas que chegam para a sua terceira Copa, estão os defensores do Porto Jesús Corona, ponta de 25 anos e o meia Héctor Herrera, de 28 anos. Além deles, a lista segue com o zagueiro da Real Sociedad, Héctor Moreno, de 30 anos; o meia do Los Angeles Galaxy, Giovani dos Santos, de 29 anos e o atacante Chicharito Hernández, do West Ham.

JAPÃO - GRUPO H

Cinco jogadores que estiveram nas Copas de 2010 e 2014 voltaram a aparecer na lista de convocados do técnico Akira Nishino para a disputa do Mundial de 2018, são os casos do goleiro do Metz Eiji Kawashima, de 35 anos, do lateral Yuto Nagatomo, de 31 anos, que atua no Galatasaray por empréstimo da Internazionale, e do meia Makoto Hasebe, de 34 anos, que defende o Eintracht Frankfurt. Além deles, o meia Keisuke Honda, de 31 anos, que joga pelo Pachuca, e o atacante Shinji Okazaki, de 32 anos, que atua no Leicester City, terão a chance de disputar a taça mais cobiçada do planeta pela terceira vez.

*Sob supervisão de Thiago Salata

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos