Reunião do Deliberativo do Vasco para reforma do estatuto é adiada

Um assunto que vem rendendo polêmica entre os conselheiros do Vasco é em relação a reforma do estatuto do clube. Presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro montou uma Comissão da Reforma do Estatuto que iria se reunir na próxima terça-feira para debater as emendas apresentadas, mas a mesma foi adiada. Ainda não há previsão de nova data para que a votação aconteça.

Principal ponto polêmico que vem sendo discutido é sobre a mecânica eleitoral do Vasco - hoje "indireta" para uma possível "direta". Atualmente, os sócios elegem chapas, e elas que indicam conselheiros. Estes conselheiros - em um universo total de 300, sendo 150 natos e 150 eleitos - que possuem o direito de votar ao cargo de presidente do clube, internamente chamado de presidente da Diretoria Administrativa.

Alexandre Campello, presidente do Vasco, é favorável em mudança para eleição direta, mas sabe que não tem uma base governista que seja suficiente para aprovação. Internamente, o motivo alegado para o adiamento da reunião da semana que vem (muitas emendas com grande complexidade para a análise devida) foi visto como um meio de protelação após o racha do atual grupo de situação com a "Identidade Vasco", agora de oposição.

Confira abaixo o comunicado oficial aos conselheiros com o adiamento:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos