Rival direto e fim de jejum fora: o que o São Paulo pensa do jogo de domingo

A partida das 19h deste domingo, contra o América-MG, em Belo Horizonte (MG), o São Paulo tem uma partida importante pelo Campeonato Brasileiro. Enfrenta um rival bem próximo na competição e, diante de um adversário forte como mandante, precisa quebrar um jejum de vitórias fora de casa.

O Tricolor não venceu nenhuma vez como visitante sob o comando de Diego Aguirre. Longe do Morumbi, o treinador tem três derrotas e quatro empates. O último triunfo tricolor no estádio adversário foi em 14 de março: 3 a 0 sobre o CRB, em Maceió (AL), pela Copa do Brasil, quando o auxiliar André Jardine comandou o time - o uruguaio Aguirre viu tudo das tribunas do estádio, ainda sem visto de trabalho para poder estar no banco.

- Será um jogo difícil, diante de um adversário que faz valer o mando de campo, mas precisamos de um resultado positivo para subir na tabela. Temos que aproveitar a confiança que esta nossa série invicta nos dá para brigar pelos três pontos como visitantes - disse o volante Jucilei.

O desempenho do América-MG no Campeonato Brasileiro também serve como alerta. O time mineiro venceu todas as suas partidas no Independência pela competição e soma dez pontos, mesma pontuação do São Paulo, mas está em sexto, um lugar à frente do Tricolor, por ter mais vitórias (três contra dois).

- O América é um rival direto na tabela e isso dá ainda mais importância ao jogo. Não temos dúvidas de que será uma partida difícil, mas precisamos vencer para colar nas primeiras posições já neste início de competição - analisou o meio-campista Hudson.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos