Roger diz que faltou 'uma dose de sorte' ao Palmeiras contra o Sport

Ao contrário do que fez na última quarta-feira, quando classificou a atuação do Palmeiras no empate por 1 a 1 com o América-MG, pela Copa do Brasil, como uma das piores do ano, Roger Machado viu pontos positivos em sua equipe na derrota por 3 a 2 para o Sport, neste sábado, pelo Brasileirão. Segundo o técnico, um dos problemas de sua equipe foi a falta de sorte.

- Não faltou entrega dos jogadores. Criamos muito com a bola rolando. Hoje talvez tenha nos faltado um pouco de lucidez, eficiência em determinados momentos, e uma dose de sorte em algumas bolas que passaram na frente do gol do adversário - classificou Roger.

O que o deixou insatisfeito foi o fato de dois dos três gols do Sport terem saído em jogadas de bola parada, mais precisamente após cobranças de escanteio. Foi a primeira vez sob o comando dele que o Verdão foi vazado três vezes na mesma partida.

- Foram três pontos importantíssimos que deixamos dentro de casa. Foi um jogo bastante franco, com oportunidades para os dois lados. Tomamos dois gols de bola parada, não me recordo quando isso aconteceu anteriormente. Nossa bola parada vinha sendo muito bem feita - emendou o treinador, ciente da pressão que esse tropeço vai gerar:

- Como a gente é tido como um elenco qualificado que tem de brigar por todas as competições, e estamos bem em todas elas, quando há um réves há uma cobrança natural. Sabemos da responsabilidade, sabemos que quando você perde diante do torcedor a cobrança vai vir. Temos de ter tranquilidade para passar por esse momento, como passamos por outro.

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos